X Contos Eroticos » Corno » Sou Corninho da Bruna

Sou Corninho da Bruna

  • 2 de junho de 2019
  • 479 views

Algumas dias após a transa com Gabriel. Eu e Bruna estávamos no nosso momento, casal. E depois de transarmos gostoso, começamos a conversar sobre essas experiências que estamos vivendo.
Ela – Amor, eu estou curtindo muito esses nosso momento, realizando fantasias, e depois de ter transando com o Gabriel, eu quero aprontar mais ainda hahaha

disksexo

Eu – Eu também estou gostando muito.
Ela – Você não sentiu ciúmes em saber que eu estava transando com outro cara?
Eu – Um pouco. Mas, o tesão falou mais. Hehe
Ela – Então eu vou arranjar alguém para aprontar de novo e te fazer de corninho. Você deixa?
Eu – Deixo! Mas e o Gabriel? Você gostou de dar para ele?
Ela – Eu gostei muito de dar pra ele. Mas para acontecer de novo, depende dele. Porque, eu quero! Hahahaha
Eu – Minha putinha! Hahaha
Ela- Mas se acontecer de novo, eu te conto.
Eu- Agora eu gostei.
Ela- hahahahaha
Passou uns dias desta conversa. No outro, eu chego em casa, faço as minhas coisas, sento no sofa, ligo a tv, e espero bruna chegar da faculdade para jantar. Faltando uma hora e pouca para ela soltar. Peguei o celular pra mandar mensagem e assim que eu pego na mão, aparece uma notificação na tela.
[21:55] Amor: Oiie?
[21:55] Eu : Oi, amor. Iria te mandar mensagem agora mesmo.
[21:56] Eu : Você está vindo?
[21:58] Amor: Sim! Estou indo com o Gabriel. Ele vai me deixar em casa.
[22:00] Eu: Hum. Quanto que essa carona, vai custar? ??????
[22:02] Amor: Já paguei! ??????
[22:03] Eu: Hã? ??
[22:03] Eu: O que tu aprontou? ????
[22:04] Amor: Eu?! Nada! ??
[22:04] Amor: Sou ??
[22:05] Eu: Aham, sei! O que a minha putinha, fez?
[22:05] Amor: Bom! Eu estava com celular na mão para chamar um uber, Quando o Gabriel apareceu e me ofereceu uma carona. Dai eu entrei no carro e começamos a conversar ate que o assunto parou naquela transa que tivemos. Dai ele começou a me provocar falando besteiras e eu comecei a ficar excitada??
[22:07] Eu: Que besteiras ?
[22:08] Amor: Ah! Ele falou que adorou transar comigo. E quer me foder de novo.
[22:09] Eu: E o que tu disse?
[22:09] Amor: Que eu também gostei. E que eu estou louca para dar pra ele, mas que hoje não dava.
[22:10] Amor: Dai ele parou o carro, e começamos a nos beijar. Depois, ele puxou meus seios pra fora e lambuzava-se com muita vontade. Enquanto ele mamava nos meus seios, mão dele entrou por dentro da minha calça. Em seguida ele começou a esfregar os dedos na minha buceta.
[22:12] Eu : Nossa! Que safadesa, heim. ??
[22:12] Amor: ??????
[22:13] Eu: Foi só isso ?
[22:13] Amor: Não, né!
[22:14] Amor: Quando ele começiou a esfregar os dedos na minha buceta. Eu comecei a ficar muito excitada. Na verdade eu já estava antes. Mas naquela situação eu estava mais ainda. Dai eu pedi pra ele parar, porque não podíamos fazer ali.
[22:16] Eu: E o que ele disse?
[22:17] Amor: Ele pediu pra mim chupar o pau dele que estava muito duro de tanto tesão e não queria ir assim pra casa.
[22:17] Eu: Opa! ????
[22:18] Amor: ??????
[22:18] Eu: E o que tu fez?
[22:19] Amor:Tu sabe, que eu gostei muito de dar para ele. Então eu deitei a cabeça no colinho, pus a minha mão dentro da calça, puxei aquela pica, levei até a minha boca e comecei a chupar até gozar tudinho na minha boca e nos meus seios.????
[22:22] Amor: Imagem.
[22:25] Amor: Tô virada numa putinha ??????. Gostou, amor!?
[22:27] Eu: Gostei! ??
[22:27] Eu: Minha putinha, sempre me surpreendendo.
[22:28] Amor: Tua, não! Agora sou putinha dele e em breve vou ser dos outros também. ????
[22:28] Amor: Gostou de me ver com porra do Gabriel na boca, amor ?
[22:29] Eu: O que tu acha? Estou com o pau latejando.
[22:29] Amor: Corninho, safado! Hahaha. Me espera então, que eu estou com muita vontade de dar a minha bucetinha. ????
[22:30] Eu: Ta bom. ????
[22:33] Amor: Já estou chegando.
Bruna chegou em casa com a blusa um pouco molhada nos seios, sentou no meu colo e me beijou sem se importar, se eu fosse reclamar ou não, porque ela estava com gosto de porra na boca.
Bruna – Gostou da surpresa?
Eu – Sim.
Bruna- Então, agora vamos lá para o quarto terminar o serviço que ele me deixou pronta pra ti. Enquanto caminhávamos até o quarto, fomos nos beijando, tirando a roupa e pegando-se até chegar na cama. Na cama, Beijei o corpo dela todinho, tirei sutiã, tirei a calcinha, penetrei o meu dedo e comecei a passar a língua na buceta que estava toda molhadinha.
Bruna- Chupa a buceta da tua putinha, chupa! Aí, amor, ai, ahhh, que delícia! Agora mete essa pica em mim, mete. Vem que eu estou louca por uma pica, veem! Aaaah, aiiiin, amor, aiiin.
Eu- Que buceta gostosa a minha putinha tem.
Bruna- Fode a tua namoradinha putinha vai!!
Eu – Ohhhh!
Bruna – Isso, mete corninho, mete mais.
Eu – Quer mais, quer?! Cachorra, puta!
Bruna- Uhum! Quero! Mete se não eu vou chamar ele!
Eu – É safada! Vai chamar quem? Hein?
Bruna- Ahhhhh! Quer que eu fale, quer? Meu corninho quer saber, quer?!
Eu – Quero! Vou te fuder com força!
Bruna – Ain, Ain, mete com vontade, se não eu vou chamar o Gabriel pra meter.
Eu – Vai chamar ele vai?!
Bruna – Uhum! Vou chamar. Ele me fode com força!
Eu- Te fode com força, é?
Bruna – Aham! Que nem uma puta!
Eu- Oh! Que tesão! Que nem uma puta, é?
Bruna – Aham! Adoro ser puta dele.
Eu- Ahhh! Deliciiia!
Bruna – Quero de quatro, amooooor.
Coloquei- a de quatro, coloquei minhas mãos no seu cabelo, o-enrolei, meti na buceta e comecei a meter seguido de tapas na bunda.
Bruna – Ahhhhhh, bate, bate, gostoso!!
Eu- Sente a minha pica, sente!
Bruna- Ai, que delícia!
Eu – Cachorra!!
Bruna- Uhum! Sou cachorra, amorr!
Eu- Ohhhh!
Bruna- Fode a tua puta, fode! Vai! Corninhoooo!
Eu – Oh, Oh!
Bruna – Vem de ladinho.
Eu- Quer de ladinho, putinha, quer!
Bruna – Quero! Mas não na minha buceta.
Eu – Ah é putinha! Quer dar o cuzinho é!
Bruna- Quero! Quero dar o cuzinho, amor.
Eu – Quer dar o cuzinho!?
Bruna – Uhum! Come o meu cuzinho, mor, come!
Eu – Vou foder ele todinho.
Bruna- Então, fode. Se não eu vou pedir para o Gabriel, arrombar!
Eu- Adoro, quando tu me provoca.
Bruna- Gosta, corninho! Gosta!
Eu- Gosto!
Bruna- Uhhhhhh! Isso, enfia, vai, Ahhhhh!
Eu- Que cuzinho gostoso!
Bruna- Come meu cuzinho, come!
Eu – Toma pau no cú, toma!
Bruna- Ahhhhhhhh! Fode meu cuzinho, corninho!
Eu – Que cuzinho gostoso.
Bruna- Gosta do meu cuzinho, amor?
Eu- Gosto!
Bruna- O Gabriel também gosta do cuzinho da tua putinha.
Eu – É!?
Bruna- Uhum! Ele deixou o meu cuzinho todo arrombadinho.
Eu- Ain! Que putinha safada! Gostou da pica dele no teu cuzinho, gostou?
Bruna- Gostei! Rebolei bastante com a pica dele atolada na minha bunda.
Eu – Puta que pariu! Vou gozar! Ohhhhhh…..!
Bruna- Goza, corninho, goza! Goza na minha bunda!
Eu- Ohhhhhhhhhhhh, Ohhhhhhhh, delíciaaa, Caralho!
Bruna – Delícia, amor!
Eu – Desse jeito tu me mata.
Bruna – Eu estou só começando. Hahaha
Gozamos muitooo gostoso. Pouco tempo depois, Bruna entrou de férias da faculdade dando uma pausa das safadezas com Gabriel.

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos