X Contos Eroticos » Fantasias » Corno ajudou amigo a comer a noiva gostosa

Corno ajudou amigo a comer a noiva gostosa

  • 18 de novembro de 2018
  • 1652 views

Boa tarde, o conto que digito a vocês é verídico, e o que me motivou a escrever é que por muitas vezes antes de praticar sexo a 3 e cuckold com minha atual esposa ( na época dessa história era noiva ainda ) líamos juntos contos eróticos e sempre nos ajudou muito.


Eu e Ana estamos juntos a 6 anos , 3 de namoro , 2 de noivado e um de casados , somos um casal jovem Eu 32 anos ela 35 anos , Ana é muito bonita , e tem um corpo sarado com uma bela bunda, seios pequenos para médio, ( por enquanto , tem planos de silicone logo mais ), enfim sempre alimentamos nossa relação com putaria , até então verbal e mental, sempre durante as transas eu questionava Ana como os ex namorados dela comiam ela , o que faziam com ela e comecei a perceber que nós tínhamos muito tesão nisso, Ana fica molhada nas transas quando eu começo a perguntar essas coisas.
Enfim depois de muitas conversas e transas nossas, comecei a perguntar para Ana para qual amigo meu ela toparia dar a buceta, e ela sem demora me falou que transaria com um grande amigo o Leonardo, mas que ficaria com vergonha depois e etc, e fiquei de marcar um jantar entre nós 3 mas ela me pediu para não falar nada para ele antes, passado 3 dias sem ela saber liguei para o Léo, e abri o jogo com ele, somos Amigos de muito tempo e já pegamos muita mulher juntos, expliquei para ele que nossa fantasia era eu assistir um amigo fazendo ela de puta na cama, ele topou mas me perguntou 19x se isso não iria estragar nossa amizade, disse que não, que ia preparar tudo para sexta anoite, e como sei que Ana ficaria um pouco tímida no começo pedi para ele ir para cima com vontade que ela iria se derreter.

Chegado o grande dia minha mulher tirou o dia para se cuidar foi depilar, fazer cabelo, unha, separei a calcinha mais safada dela, estávamos com muito tesão mas ela nem imaginava que eu já tinha alinhado tudo com Léo, preparamos um jantar com vinho, marcamos as 20:30, quando deu 20:15 , tocou o interfone era Léo, honestamente poucas vezes tinha visto minha mulher tão gostosa como naquela noite, estava com uma calça preta colada no corpo, um decote gigante, salto alto , maquiada, unhas vermelhas, bem safada.
Quando Léo chegou servimos os aperitivos, tomamos um vinho , eu fingi que ia na cozinha ver o jantar e dei o sinal para Léo avançar na minha saída, quando voltei para sala , minha mulher e ele se pegavam loucamente, estavam em pé se beijando , Léo esfregava os peitos dela, ela já estava entregue, para deixá-los a vontade fui para nosso quarto, passado alguns minutos comecei escutar Ana gemendo muito, fui até a sala e vi ela sentada no sofá com as pernas completamente abertas e Léo chupava a buceta dela com muita vontade, não aguentei, tirei o pau para fora e coloquei para Ana chupar, ela chupou um pouco, largou e disse , hoje você só assiste meu corno, aquilo foi um misto de tesão com impotência de poder participar, sentei ao lado e fiquei vendo, ela esfregava a buceta na boca dele e me dizia ” olha aí seu amigo chupando sua puta! Está gostando ? Vai assistir ele me arrombar ? Toca meu grelinho para ver como ele está durinho”, quando coloquei dois dedos nunca tinha sentido uma buceta tão molhada , escorria até pelas virilhas, Léo tirou a roupa e colocou ela de joelhos no meio da sala, Ana ficou chupando o pau dele olhando para mim, ela tirava da boca batia na cara e me dizia ” quero que os 2 gozem na minha cara hoje, meu corno e meu amante” eu já estava doido mas me segurei para não bater uma e gozar, depois de alguns minutos mamando, Léo começou a dizer, : ” é hoje que vc vai dar gostoso para seu amante sua vagabunda, sem vergonha ” quanto mais ele falava mais ela sugava o pau dele.
Ana sentou no sofá abriu as pernas novamente e pediu para mim assim ” olha bem o pau dele me comendo ” puxou minha cabeça contra sua barriga e Léo começou a enfiar devagar e em pouco tempo só se ouvia o barulho das bolas dele batendo no molhado, ela gemia, gritava se contorcendo, e falava ” fode essa puta para o corno assistir” eu comecei a tocar uma punheta de tanto tesão, depois ele colocou ela de 4 e socou muito nela, ficou metendo por mais de 8 minutos até que Ana anunciou que iria gozar começou a tocar muito forte o grelinho ” mete seu safado , mete essa vara que vou gozar no seu pau, vai me fode , fode com vontade ” deu um grito que o prédio todo deve ter escutado, Léo colocou ela de joelhos no chão e começamos a tocar punheta para gozar na cara dela , ela pedia , implorava , falava gozem , gozem nessa puta , confesso que foi o maior orgasmo da minha vida , gozei muito na cara dela escorria tudo no queixo , Léo começou a gemer e falar que iria gozar, ele espirrou tudo na cara dela , muita porra , ela ficou se deliciando com a porra dele passando no pau, babando cuspindo.
Amigos posso dizer que foi a maior e melhor experiência sexual da minha vida , depois disso ainda não encontramos outro amogo ainda, Léo curtiu muito também mas ainda não repetimos a dose, espero que gostem, curtam e comentem, de vez em quando Ana abre a webcam para se exibir para machos pirocudos.

Contos relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 - X Contos Eroticos