X Contos Eroticos » Novinha » Comendo a novinha safada

Comendo a novinha safada

  • 18 de fevereiro de 2019
  • 4796 views

Em pleno auge na casa dos trinta anos não me via envolvido com uma novinha, pois considero algo bem emblemático então sempre procurava me envolver com mulher acima de vinte anos. Novinhas tem cara de inocentes e malicia de mais velhas. Nutrem verdadeira tara por homens mais velhos.

disksexo

Luna, não era diferente e sempre que podia jogava charme e indiretas. Luna tinha 1, 66, seios e bunda grande uma mulatinha que despertava o imaginário de todos no condomínio, mas o pai sempre vigilante afastava a todos.

Eu tinha bom convívio com os pais de Luna e por causa disso me vi numa verdadeira cilada, pois um parente precisou de amparo e os pais de Luna não podiam deixar ela sozinha no apartamento e não tive como me negar a acolher ela no meu apartamento. Luna tinha simulado importante pro vestibular. Na presença de muitas pessoas Luna era meiga e comportada, mas sempre que dia instigava.

Tirei o sábado de folga pra não deixar Luna sozinha e mesmo notando que ela já tinha acordado eu fingi que dormia no meu quarto. Em dado momento Luna bate na porta do meu quarto.

_ Oi Wilson, está acordado? Pergunta ela

_ Está cedo e estou cansado pode preparar seu café da manhã e fique a vontade na cozinha. Respondo

_ Posso entrar? Pergunta ela abrindo a porta do meu quarto

Como estava sem camisa me cobri e ela veio se sentar na beira da cama. Luna estava de baby doll e o cheiro dela invadiu meu quarto.

_ Não gosto de ficar sozinha. Incomoda-se se eu ficar aqui conversando um pouco? Pergunta ela já sentada em cima da cama e abraçada às pernas.

_ Você mal pergunta e se apossa do espaço. Faço cara de bravo

Luna sempre se vestia a vontade e uma vez a vi apenas usando peças intimas. No geral eram roupas justas ou curtas, mais nunca muito ousado, talvez algumas instigantes.

Agora ela estava sentada a minha frente usando apenas baby doll e eu estava apenas de cueca box escondido por uma manta.

Lá fora a chuva não dava sinal de parar e os relâmpagos eram mau sinal de chuva forte.

O baby doll de Luna estava muito curto e revelava muito do corpo jovem. A parte de cima era de fino tecido o que deixava praticamente a mostra o bico dos seios.

_ Você vai ficar ai na cama a manhã toda? Pergunta ela

_ Na televisão não tinha nada? Pergunto desconversando

_ Não gosto de tempo assim. Revela Luna

_ Preciso me trocar não estou vestido de forma a estar em sua presença. Falo em tom firme

_ Já vi garotos pelados, mas nunca vi um homem. Sorri Luna me olhando com gula

_ Nem vai ver hoje se comporta. Minha voz já não estava tão firme

Eu tinha de ter o controle da situação e estávamos a menos de dois metros um do outro

_ Você é o único que não tentou algo comigo e isso mexe com minha imaginação. Tenho inveja das mulheres que às vezes trás aqui.

Luna pelo jeito tinha em mente tudo maquinado ao vir dormir no meu apartamento.

_ Respeito seus pais. Explico

_ Eles estão longe agora. Murmura ela me olhando

_ Que isso Luna. Tento ficar sereno perante as investidas dela

_ Posso ter apenas 18 anos, mas pelo que já vi de vídeos e filmes pornôs saberia transar igual ou melhor que essas mulheres que você transa. Luna não iria perder essa oportunidade dada justo pelos pais

Deu um sorriso malicioso…

Como não ficar de pau duro… Ela passou as mãos nos seios e ao comprimir o tecido os bicos dos seios ficaram realçados.

Ela olhou pra mim e puxando uma de minhas mãos roçou um de meus dedos na bucetinha por cima do baby doll.

Fiquei ainda tentando ter juízo e sem saber o que fazer, ao mesmo tempo sabendo.

Luna tinha completado 18 anos e evitava olhar pra ela como se fosse uma mulher, mas a verdade era que ela era uma jovem mulher e estava a minha frente na minha cama.

_ O que você quer de mim Luna? Pergunto afastando minha mão já melada, pois Luna tinha enfiado um de meus dedos na buceta molhada.

_ Me ensina a transar? Implora ela já se aproximando de mim e puxando a manta e olhando pro meu pau ereto.

_ Por que deveria fazer algo assim? Pergunto

_ Por que você é o cara ideal pra tirar meu cabaço e me ensinar a foder gostoso. Propõe ela

A puxo pelo cabelo e o beijo surge ardente. Nem me lembrava de quando tinha sido a última vez que beijava uma mulata. Apenas deixei o momento fluir depois de muito resistir. Queria ver até onde Luna estava disposta a ir.

Luna vai se abaixando e liberta meu pau duro, e começa chupá-lo devagar, acaricia minhas bolas e com a mão livre ela começa a se masturbar.

_ Então gosta de chupar um pau. Sorrio

_ De tanto espiar minha irmã chupando o namorado eu tinha essa curiosidade. Explica ela

Um pouco mais tímida.

_ Ficava espiando sua irmã e se masturbava?

_ Faço isso há uns quatro anos. Confessa a safadinha

_ Ficava tão excitada assim? Pergunto já sabendo a resposta

_ A ponto de gozar no meu dedo.

_ Nossa! Exclamo

_ Você tem um pau duro e grande. Elogia Luna

_ Sobe em cima de mim e rela a buceta sem penetrar. Ordeno

Luna tira a roupa e me obedece.

Já não tinha mais volta… Luna subiu e relando no meu pau começou a rebolar forte.

Apossei-me dos seios dela e às vezes a puxava pra mordiscar os mamilos dela.

Num movimento hábil girei o corpo de Luna e estava com a língua na buceta virgem preparando pra ser bem comida.

_ Daqui a pouco vou fuder essa bucetinha e deixá-la bem inaugurada com meu pau duro. Instigo a novinha

Luna apenas acena com a cabeça e abre as pernas pra acolher minha língua na buceta lisa.

Tirei minha cueca e a admiro a bucetinha encharcada e pronta pra ser comida…

Miro o cacete e começo a penetrar a buceta de Luna devagar.

_ Não tenha dó de mim. Come-me com força. Me liberta desse cabaço. Pede Luna

Pegando ela pela cintura forço o cacete pra dentro da buceta e o cabaço estoura na primeira estocada mais forte.

Luna se retorcia toda… gemia de prazer e dor ao mesmo tempo e pedia pra ser bem comida.

Não demorou muito logo e ela gozou, pois eu tinha puxado uma das mãos de pra se masturbar no clitóris e com isso se excitar mais.

_ Aí… Tesudo… Nunca tive isso. Geme ela

_ Toma o que queria na buceta novinha safada. Digo junto ao ouvido dela

_ Acaba com minha buceta. Luna rebolava forte e o som da foda a enlouquecia.

Após Luna gozar novamente a pego no colo e levo pro banho.

Voltamos pra cama e a deixo de quatro e começo a bolinar ela com meus dedos na bucetinha e no cuzinho.

Luna seguia gemendo e rebolando, novinha fogosa… já sabia o que fazer… entre quatro paredes, era uma mulher que sabia o que queria no sexo.

Encosto meu pau na entrada da buceta, ela empurrou contra ele sem pensar muito… Luna sentia tesão com dor.

Meu cacete foi arrombando aquela bucetinha apertada, sentia meu pau rasgando a bucetinha, por dentro.

_ Nossa… Que gostoso… Sempre quis algo forte assim… Mete com força nessa novinha, vem…, safado. Luna estava pirando no tesão

Meti mais forte depois de trocar a camisinha.

Quanto mais ela dizia putaria eu mais forte metia… puxando o cabelo dela e dando tapas na bunda…

_ Estou gozando de novo… Pau gostoso… Goza no meu cuzinho… Mete nele agora e goza lá dentro. Pede ela

Empinando aquela bunda grande e durinha ficou me provocando

Aquela visão fez meu pau latejar e depois de lambuzar o cuzinho dela com gel anestésico pra sexo anal coloquei o pau no cuzinho e ela foi rebolando e ir entrando, com pouco de dificuldade boa parte dos 23 centímetros estavam dentro do cuzinho apertado e faminto de pau.

Então começo a bombar com mais força desejando gozar gostoso. O movimento de vem e vai ficando mais forte até que o cuzinho aceitar com facilidade. O gel estava mesmo ajudando.

_ Gostoso fode essa novinha, come esse cuzinho. Luna estava muito tesuda

Com o cuzinho sendo devorado Luna começou a dedilhar a buceta…

Ambos naquela foda insana vêm o êxtase ao Luna começar gozar de novo e eu não resistir, inundei aquele cuzinho de porra.

_ Quero na minha boca. Luna fala já puxando a camisinha e chupando meu pau

Ela fez mais um boquete guloso esgotando o que restava de porra no meu pau.

Adormecemos e depois desse dia prometi a Luna ensinar ela boa parte do que sabia sobre sexo. Luna tinha muita curiosidade sobre bsdm e me pediu pra ser o mestre dela.

Contos relacionados

Comentários

© 2020 - X Contos Eroticos