X Contos Eroticos » Fetiches » Fazendo meu marido de corninho

Fazendo meu marido de corninho

  • 18 de julho de 2019
  • 5951 views

Era uma tarde chuvosa, fria e aconchegante. Para algumas pessoas, seria um dia péssimo para sair, mas para mim, não existiria clima melhor para um primeiro encontro com um rapaz que conheci no tinder. Ele é moreno, alto… Deve medir uns 1.80, tem cabelos cacheados e é forte. Sou casada a 2 anos e descobri que meu marido sempre sonhou em realizar nosso fetiche com outra pessoa, bastasse que ele topasse. Ele sabendo que sou bem safadinha, topei no mesmo momento. Confesso que o nervosismo tem me dominado um pouco, mas o tesão só de imaginar, foi maior. Eu sou branca, tenho estatura média, tenho quadril largo e bumbum avantajado, meus seios são grandes e

disksexo

cheios e tenho cabelos longos até a cintura e loiros. Bem, saí do banho e me sequei, logo em seguida vestindo uma calcinha fio dental de rendinha. Era a preferida do meu esposo, ele amava sempre ver com essa calcinha, de como minha raba praticamente a engolia. Sai do banheiro só de calcinha e fui até o guarda-roupas, coloquei uma cinta liga com uma meia cor de pele. Sim, cor de pele, mas acredite, fiquei muito sensual. Escolhi um vestido bem decotado vermelho, de alças finas que deixava meu corpo bem modelado, valorizando cada curva. Só de imaginar meu marido me olhar querendo me devorar, já me deixava louca. Amo provoca-lo… Olhei o horário e percebi que ele já estava vindo para casa para irmos ao motel… Chegamos no motel, e o moreno já estava lá a nossa espera. O observei de dentro do carro e já ao reparar no volume da calça, já subiu um fogo. Entramos no quarto, os 3, conversamos um pouco e meu marido foi pegar uma bebida no freezer. Nesse momento o moreno se aproximou e perguntou se podia me beijar. Eu sorri pra ele, um pouco tímida e me aproximei um pouco mais, deixando nossos lábios se encontrarem.

Senti suas mãos grandes percorrerem minhas coxas até a cintura, fazendo com que nosso corpo grudasse. Ele percorria meu corpo com suas mãos, sentindo cada centímetro. Meu marido se aproximou e perguntou se queríamos uma bebida. Parei o beijo e me virei para ele, já tocando no seu pau duro, enquanto o moreno levantava meu vestido já batendo uma e apertando minha bunda. Foi uma mistura de sensações, nunca vi meu marido tão excitado quanto aquele dia. E para mim não foi diferente. Meu marido tirou a roupa e sentou na cadeira, dando um sorriso safado e falou “hoje eu só quero assistir a minha putinha”. Nisso o moreno já abria meu vestido, virei para ele passando a mão no seu corpo escuro e definido. Apertando um pouco seu pau grosso enquanto sentia a sua língua macia massageando meu mamilo, chupando e mordiscando. Eu suspirava, enquanto sentia aquele pau duro na mão.

Moreno me afasta e me coloca de 4 em cima da cama, olho ao meu marido sentado na cadeira, ainda com o mesmo sorriso e mordendo os lábios e batendo uma olhando para meu corpo, como se não estivesse aguentando mais só olhar. Aquilo tudo era muito louco, mas a loucura mais incrível que tivemos. Ele levanta da poltrona e se aproxima de mim, colocando seu pau na minha boca e o escuto dizer “gosta muito de pau né safada, chupa”. Olho fixamente nos olhos, lambendo e chupando aquele pau, deliciando de cada centímetro. Enquanto o moreno lambia minha bucetinha e me masturbava com 3 dedos pra receber aquele caralho grande. Era um delírio estar naquela situação, sendo abusada por dois homens. Minha buceta estava latejando já querendo sentir aquele caralho, enquanto eu gemia e masturbava meu marido. Comecei a empinar mais a bunda, quando sinto o moreno me penetrar lentamente, fazendo eu gemer ainda mais. Sentia minha bucetinha abrindo e sendo preenchida e ele aumentando as bombadas, estava sentindo cada estocada. Ele apertava minha bunda e dava tapas, segurava minha cintura e puxava contra ele, fazendo minha buceta engolir cada centímetro daquele pau gostoso. Gemi ainda mais alto, pedindo ainda mais forte. E ele aumentando ainda mais as estocadas. Meu marido permaneceu em pé ao lado, observando tudo, cada reação

minha. Senti o pau saindo da minha buceta, e aquela ardência boa. Quando o moreno senta na poltrona e me chama, olho ao meu marido e ele acena que “sim”. Vou até o moreno e empino a bunda ao meu marido e o chamo, sinto meu marido me penetrar com força, com todo aquele tesão acumulado, e me dando tapas fortes na bunda me chamando de cachorra, puta, vadia… Enquanto chupo aquele pau grande. Senti um puxão forte de cabelo, me fazendo levantar completamente, meu marido aproxima do meu ouvido e fala “ta gostando né safada, senta nessa pica agora”. Dei uma risada e obedeci. Subi no colo do moreno, me encaixando naquele caralho duro e comecei a cavalgar, gemendo muito, rebolando. Enquanto sentia o moreno chupar meus seios e meu marido deitado na cama ao lado, delirando de prazer em me ver gemendo que nem puta. Minha buceta estava tão melada, que aquele caralho grande deslizava facilmente dentro de mim. Quicava cada vez mais rápido e forte, dando reboladas. Quando sinto aquela porra jorrar dentro de mim, e escorrer nas minhas coxas. Olho novamente para o lado, e meu marido olhando fixamente para mim, a ponto de gozar junto. Mas eu queria senti-lo ainda, queria aproveitar cada centímetro do meu homem. Levantei da poltrona e sentei no pau latejando do meu marido, rebolava e gemia no seu ouvido, sentindo nossos corpos suados. Escuto gemidos dele, enquanto esfregava a bucetinha com seu pau todo dentro de mim, até enfim gozarmos juntos…

Contos relacionados

Comentários

1 comentário para “Duas Safadas se divertindo com o pau amigo

  1. D. Ferreira • 19 de janeiro de 2019

    Adorei seu conto, muito excitante, parabéns, quero conversar com você, me passar seu email

© 2019 - X Contos Eroticos