X Contos Eroticos » Orgias » Primeira vez numa Boate para Casais Swing

Primeira vez numa Boate para Casais Swing

  • 1 de abril de 2019
  • 1446 views

Depois de 22 anos de casados, tivemos nossa primeira experiência numa casa de swing, participamos de uma festinha num sítio, gostamos muito, mas como não queremos nenhum tipo de envolvimento afetivo, decidimos que não voltaríamos a participar destas festas programadas, mas gostaríamos de ter novas experiências, decidimos ir a uma boate aqui em BH, era uma quarta feira, a Fabi se produziu toda, maquiagem, vestidinho curto, calcinha bem pequena, perfume… paramos em uma drogaria e compramos alguns preservativos, chegamos na boate por volta das :22:30 a casa ainda estava vazia, nos acomodamos em um sofá no canto na área da boate, ficamos por ali observando as pessoas, até então tudo normal, passados alguns minutos fomos para o bar tomar uma cerveja para relaxar, ficamos ali mais um tempo e decidimos conhecer as demais dependências da casa, entramos pelo corredor do labirinto e tudo muito escuro, vários casais se pegando nos corredores, e várias mãos bobas já passando, a paramos para olhar os casais que já transavam nas cabines e fui ai que a Fabi disse que um abusado enfiou a mão dentro da calcinha dela alcançando sua bucetinha devidamente depilada para a ocasião, ela gozou pela primeira vez na noite, fomos para p darkrooms e mais uma vez mãos passeavam pela bunda dela, vários casais transavam na cama coletiva e fomos para o fundo do quarto uma parte mais apertada e escura, começamos a nos beijar e foi ai que para minha

disksexo

surpresa ao passar minha mão na sua bunda, encontrei pelo menos mais 4 já desfrutando daquela mesma área, ela me pediu uma camisinha e entregou na mão de um garoto que não devia ter mais de 20 anos, ele tirou o pau pra fora e após encapar o bichão colocou ela de 4 e enfiou tudo na buceta dela arrancando um gemido gostoso, mas ele gozou logo e o amigo dele, também novinho assumiu o lugar dele mas gozou logo, ao lado uma garota transava com um rapaz malhado que a fazia gritar de prazer, a Fabi chegou mais perto e foi puxada por ela para cama, os dois pegaram no peito dela, e a moça disse que o namorado queria experimentar a buceta dela, antes que ela respondesse ele enfiou uma rola grande, grossa e cabeçuda, a deitou na cama e começou a meter com força do jeito que ela gosta, ela já tinha gozado duas vezes com ele, sentou no pau dele e foi ai que ele começou a bater cada vez mais forte na bunda

dela, arrancando gemidos intensos, ela pedia mais e ela metia cada vez mais forte chamando ela de puta, gulosa , safada, ela se deliciava e várias pessoas se aglomeravam para ver o showzinho que estava acontecendo ali, a namorada dela se deliciava chupando os peitos dela, pela primeira vez a Fabi tinha uma experiência com alguém do mesmo sexo, transaram por mais de meia hora e Fabi saiu dali realizada e exausta, realizou o sonho de ser observada transando , satisfeita resolveu ir embora, mas sem antes tirar a calcinha totalmente ensopada e dar de presente para um outro cara que queria transar com ela também, como estava toda esfolada pela surra de pica que tomou do cara resolveu ir embora, no caminho ela disse que queria adorou dar prazer para outro, se sentir muito desejada, paramos

num trailler numa movimentada avenida de Belo Horizonte, fui comprar sanduíches e quando voltei vi que estava sentada com a perna totalmente aberta se mostrando para dois rapazes que a comiam com os olhos sem acreditar no que viam, comemos nosso sanduíche e fomos para casa onde finalmente pude desfrutar daquela buceta que foi muito usada naquela noite, a Fabi estava impossível, queria mesmo se mostrar, colocamos nossa cama na beira da janela aberta e começamos a transar em pé em cima da cama , infelizmente várias pessoas passavam na rua de carro ou a pé mas nenhum olhar mais atento viu que no andar de cima da casa um casal sedento por sexo dava um showzinho quase privado.

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos