X Contos Eroticos » Corno » Maridao sendo corno pela primeira vez

Maridao sendo corno pela primeira vez

  • 30 de janeiro de 2019
  • 543 views

Me chamo ADRIANA, tenho 40 anos, sou branquinha, seios médios com biquinho rosado, bunda grande, lábios desenhados, cabelos no meio das costas, loira, 1,65 de altura, pezinho pequeno e delicado. Meu marido ROBERTO Beto tem 42 anos, somos casados há quase 20. Nos amamos muito e temos uma vida sexual bem intensa, nada monótono ou convencional. Beto gosta de fantasiar na hora do sexo e eu sempre adorei embarcar na dele e realizar seus desejos. Eu sempre fui uma mulher fiel, em hipótese alguma pensei em traição ou coisa parecida, ou pelo menos não pensava até algum tempo atrás, rsrs. O Beto é um cara esperto do tipo que vai comendo pelas beiradas até conseguir o que

quer. Um dia o safado veio com uma história pro meu lado, dizendo que havia sonhado que eu estava com outro homem, eu ri e disse que não precisava se preocupar pq eu não pensava em traí-lo. Mas ele insistiu em contar, disse que no sonho não ficava bravo, pelo contrário estava gostando da situação e que tinha acordado de pau duro, rsrs.
Claro que depois desse dia ele sempre falava no assunto, pedia pra eu fazer de conta que havia outro homem com a gente na cama ou pedia pra que eu lêsse contos de cornos pra ele, isso nos deixava muito excitados e o sexo sempre era maravilhoso. Como ele sempre quer algo a mais, pediu para que eu fizesse um perfil em um site de sexo e postar fotos pois queria ver os comentários de outros homens a meu respeito. Fizemos e não demorou muito para me

enviarem muitas solicitações de amizade e começarem a comentar as fotos que postávamos, eu lia cada comentário pra ele enquanto via seu pau escorrendo de tanto tesão. Não satisfeito pediu que eu entrasse no bate papo do site e falasse com alguém, então respondi algumas mensagens inbox e numa dessas conhecemos um cara que tinha um perfil que me chamou atenção Moreno Sigiloso, começamos a conversar com ele, virou nosso amigo e sempre tínhamos conversas bem picantes, trocamos Skype e nossos papos só melhoraram agora com câmera, transávamos enlouquecidos com esse amigo

assistindo tudo e era uma delícia! Até que claro, o Beto não ficaria satisfeito até realizar o que havia sonhado, queria me ver com outro em sua frente. Demorou bastante, mas ele muito paciente me convenceu de encontrar o tal Moreno Sigiloso, nos encontramos em um local público, ele entrou em nosso carro e partimos para um motel. Estava um pouco envergonhada, mas muito excitada com a situação, não imaginava transar com outro homem estando casada, muito menos com meu marido presente. Era muita coisa acontecendo! Chegamos e fui direto pro banheiro me arrumar, pus uma lingerie preta de renda com uma camisola tipo vestido curto e colado tb de renda transparente e um salto. Quando saí do banheiro o nosso amigo estava sentado em um sofá de frente para cama e meu marido foi ao banheiro nos deixando sozinhos. Nosso amigo veio em minha direção se sentou ao meu lado e começou a me beijar. Eu estava nervosa e com medo que meu marido caísse em si e tivesse alguma reação inesperada, aí pedi a ele que esperasse até que ele saísse do banheiro. Qdo meu marido chegou disse que eu podia ficar a vontade e saiu um pouco do quarto, aí o Moreno veio novamente me beijando com uma mão na minha nuca e outra ele acariciava meu corpo que tremia em suas mãos. Era mistura de nervoso e tesão, ele foi descendo sua boca pelo meus seios e se deliciava mordiscando meus biquinhos duros e arrepiados enquanto uma de suas mãos afastava minha calcinha para o lado e enfiava seu dedo dentro da minha boceta que estava completamente enxarcada, soltei um gemido próximo ao seu ouvido e ele então me deitou na cama e arrancou minha calcinha de uma vez encaixou sua cabeça entre minhas pernas e enfiou a língua dentro de mim, parecia que iria me devorar, chupava minha boceta como se quisesse sugar todo meu mel, me fez gozar em sua boca, meu corninho estava de pé na porta se deliciando com a cena que via, nosso amigo se deitou e eu o chupei como uma bezerrinha, depois subi em cima daquela pica deliciosamente dura e cavalguei como uma puta, olhei para meu corninho dei um sorrisinho cínico e fiz sinal pra se aproximar peguei o pau do meu amor e estava todo babadinho, enfiei ele em minha boca e chupei gostoso enquanto rebolava em cima do Moreno. Gozei mais uma vez, fiquei com as pernas bambas larguei o pau do meu corninho e deitei sobre o nosso amigo que me segurou firme pela cintura e meteu bem forte por alguns minutos, depois me pôs de quatro e socou forte novamente e o pau do meu corninho na minha boca abafava meus gemidos de prazer. Trocamos de posição meu marido me comeu de quatro enquanto eu chupava meu comedor, depois disso os dois gozaram e fui tomar um banho pra dar uma pausa rápida, pq logo estávamos nós dnv na maior sacanagem os três até que ficamos exaustos de tanto gozar.
Foi uma noite Inesquecível, depois disso nunca mais estivemos juntos pq moramos muito distantes. Mas sempre que nos falamos por vídeo é uma loucura, tesão gostoso demais.
Foi assim que realizei o “sonho” do meu corninho.
Se eu acredito que ele sonhou de vdd? Bem tenho minhas dúvidas até hoje, kkkkk
O fato é que a estratégia deu certo, temos muito mais histórias pra contar, mais isso fica pra outra vez…

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos