X Contos Eroticos » Incesto » Dando gostoso pro meu cunhado

Dando gostoso pro meu cunhado

  • 12 de setembro de 2023
  • 2294 views

Olá meu nome Evelyn, tenho 27 anos, namoro a 4 anos e tenho 1 filho de 7. Bom Podem me chamar de cunhadinha delícia. Porque? Fui apelidada assim por meu mais novo amante, o Caio, irmão do meu namorado, casado a 18 anos.

Já faz alguns dias que me entreguei loucamente ao meu cunhado tesudo, e fiquei louca pra repetir a dose. Conversamos sempre pelo MSN e ele me deixa louca de tesão, não estava agüentando mais, queria dar pra ele de qualquer jeito novamente. Meu tesão aumentou mais quando fui na casa da minha sogra e encontro meu cunhadinho no portão, que delicia de homem pensei, quero ele todinho. Peguei em sua mão de leve pra ninguém perceber e dei aquela olhadinha dizendo eu quero mais, lógico que disfarçadamente porque a família estava perto e o

meu namorado também. Ele foi embora e eu fiquei louca de tesão logo fui chegando pro meu namorado e disse eu quero você! Nesse dia meu namorado me comeu gostoso, porém eu queria mais, queria ser uma puta novamente, queria tapas na cara, queria mostrar minha submissão, enfim eu queria dar muito pro meu cunhado. Cheguei no serviço cedo e entrei no MSN, encontrei o gostosinho on line, e tive que dizer: Eu quero mais você. Ele me disse pra dar um jeito e eu não sabia como porque meu namorado estava na cola. Foram dois dias tentando arrumar um jeito pra essa loucura se realizar, foi quando hoje, tive uma idéia e propus a ele, no início ele relutou porque tinha um compromisso com a mulher, mas depois ele concordou. Marcamos no mesmo local que ele me pegou pela primeira

vez e fomos para um motel perto da Pampulha BH, um lugar onde me parece só vai puta e eu naquele momento me sentia uma delas, louca pra dar gostoso. Logo que entramos no quarto não perdemos tempo, começamos a nos beijar loucamente, tirar nossas loucas e eu querendo seu cacete de qualquer jeito na minha xotinha. Não deu outra ele me penetrou com força me dizendo: “é isso que você queria sua puta, vadia?” E eu disse: é isso mesmo. Me batia na cara, me cuspia e eu ficava mais louca de tesão. Ele metia forte.Depois ele se levantou e me mandou chupar seu cacete todo, e ele é grande que eu não conseguia colocar todo na minha garganta, mas chupava o quanto podia e lambia

todinho. Meu cunhado então se abaixou e me mandou virar de costa pra ele comer de quatro bem na beiradinha da cama, e metia forte, me fazia sua puta de verdade. Não se contentando de tesão ele me disse eu quero seu cuzinho, e desceu pelo meu corpo me lambendo até chegar na minha xotinha, me lambia forte e enfia seu dedo no meu cuzinho e eu ficava louca, queria seu cacete dentro dele. Não deu outra, ele se deitou e eu por cima dele comece a enfiar bem

devargazinho, até que relaxou e enfiou tudo, cavalguei durante alguns minutos até que ele se levantou e comeu meu rabo de quatro, ai que delícia, gemi de tanto tesão, e quanto mais eu gemia, mais ele me metia mais, até que se explodiu e gozou tudo no meu cuzinho. Que tesão! Como nosso tempo era curto, tomamos um banho e fomos embora já pensando qual será nossa nova loucura.

Contos relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2024 - X Contos Eroticos