X Contos Eroticos » Corno » Sou Corno manso

Sou Corno manso

  • 16 de setembro de 2018
  • 1576 views

Olá, sou uma mulher casada mas com muito fogo, o sexo para mim sempre foi primordial e todos os meus ex foram meus capachos. Sou do tipo dominadora, aquela que coloca o homem para suar. Faço de tudo, tudo mesmo.

disksexo

Já tive experiências com outros homens mas sempre com o marido participando de sexo a três, ele gosta se ver eu dando para outros machos.

A experiência que vou contar é inusitada, porém real. Sempre fui muito fiel ao meu marido, mas de uns tempos para cá venho sentindo uma vontade louca de ter outro ou outros homens dentro de mim, mas sem que ele saiba.

Certo dia estava eu bem provocante, andando, indo comprar umas coisinhas para mim, como gosto de chamar a atenção percebi que vários me olhavam, até que pensei, vou escolher um para dar hoje, ou melhor vou escolher dois. Fui às minhas compras, peguei um baton, uns lenços demaquilante. Até que notei um homem negro e um branco de biótipos bem diferentes a me olharem, eu estava ali na loja, olhando as coisas mas na verdade estava de olho mesmo era neles que pareciam que se conheciam, ali estavam meus alvos.

Comprei minhas coisas e sai da loja, andando lentamente até que senti um toque no meu ombro…

-Oi, será que podemos nos conhecer?

Dei aquele sorriso e disse que sim.

– Meu nome é Ricardo. Logo veio seu amigo, Pedro.

Ricardo era forte, bem másculo, pele escura e um belo volume nas calças, Pedro já era mais esbelto, tipo atlético, branco e alto.

Logo viram minha aliança.

– Casada?
– sim, muito bem casada.
– e onde está seu marido?
– Deve esta trabalhando.
– e você tão bela sozinha por aí…

Logo sorri.

– será que podemos dar uma carona a dama?

Logo pensei, não, não posso fazer isso. Mas a vontade de dar era tanto que topei a carona. Parece loucura mas quando a mulher quer dar e o macho sente isso, é o cruzamento perfeito. Entrei no carro, sentei ao lado de Ricardo, fui logo ao ponto, fiquei olhando em direção ao seu pacote, minha buceta até piscava, o Pedro me olhava pelo retrovisor, e eu com um charme dei um sorriso com meus lábios carnudos.

Já estava anoitecendo, meu desejo pelos dois homens estava tão grande que comecei a morder meus lábios, Ricardo mais assanhado disse:
– Tu é uma puta muito gostosa mesmo viu. Aquilo me excitou… Abri um pouco minhas pernas, eu estava no banco de trás com Ricardo, ele veio acariciando meus seios macios, e logo meteu a mão no meio das minhas pernas, por cima da calcinha ele sentiu minha buceta carnuda, logo ele puxou minha calcinha de lado e enfiou o dedo, nossa, pisquei minha bucetinha, contrai com vontade, ele ficou louco, o pau saltitando para fora, ele não aguentou e colocou o pau grosso dele pra fora da calça.. Não aguentei, fui e pulei em cima, abri minhas pernas e sentei em cima, entrou me rasgando, enlarguecendo minha buceta toda, que tesão louco que senti. Pedro estava dirigindo, e olhava, parecia não acreditar. Ele não pensou duas vezes, nos levou para um motel. Entramos os três, Ricardo me fodida gostoso, no carro, sem tirar de dentro me levou para cama, e tome rola na buceta. Eu gritava de tesão, Pedro foi até o banheiro, enquanto Ricardo me fodia. – toma sua vadia gostosa, teu macho não te fode gostoso então toma safada. Minha xana pulsava no pau do Ricardo. Pedro voltou nu e começou a passar as mãos pelo meu corpo, passou as mãos na minha buceta enquanto Ricardo metia, seu pau estava duro, Pedro delicadamente me puxou, e desencaixei de Ricardo, logo veio ele com a rola grade, e meteu dentro de mim, eu já estava toda melecadinha da lubrificação minha e de Ricardo, Pedro misturou a dele, que sexo gostoso, eu pedia para cada um me comer um pouco e eles revezavam, queria o gozo dos dois na minha buceta. Enquanto Ricardo me comia, Pedro começou a chupar meu grelinho, com o pau de Ricardo entrando e saindo, Pedro ficava chupando, sentindo o gosto da excitação minha e de Ricardo. Com aquela boca gostosa veio e me beijou, que delícia aquele beijo cheio de tesão, me beijava e o Ricardo enfiava sem parar, Pedro desceu lentamente e mamou nos meus seios, passou a mão na minha xoxota, eu sentia o pau de Ricardo entrando e saindo, Pedro foi aos poucos colocando seus dedos dentro de mim também, senti minha buceta sendo rasgada, muito gostosa a sensação. Ao meu ouvido ele disse, quer dois paus dentro de você… Nossa, aquilo era meu sonho, logo eu disse, quero. Então Pedro veio por trás e enfiou também seu pau dentro de mim, Ricardo já estava quase gozando e quando Paulo enfiou, Ricardo deu mais umas três bombadas e gozou dentro de mim, fiquei muito excitada, que gozei em seguida, melecamos o pau do Pedro demais. Pedro ficou me bombando comigo toda gozada, que delícia. Ricardo percebeu que eu tinha gozando também pois ficou muito quente e molhada minha buceta, ele tirou a rola de mim e deixou só o Pedro me comendo, Pedro me comia com vontade, Ricardo estava babando olhando aquela cena, logo senti a língua de Ricardo na minha buceta, Ricardo estava chupando meu gozo misturado com o dele e Pedro me comendo, sentir sendo possuída por aqueles dois foi fora do comum. Ricardo veio e me beijou também com aquele gostinho de porra, adorei. O Pedro que enfiava freneticamente, estava a pingar de suor, eu via o prazer estampado em sua face, até que ele gozou horrores dentro de mim, senti seu pau jorrando porra… Minha buceta ficou quente e cheinha de porra, coloquei os dois para chuparem minha xana, um chupava a o grelinho e o outro o buraco da minha buceta, em seguida os dois me beijaram.

Depois me levaram até minha casa, lá estava
o corno, já tinha chego do trabalho, e perguntou onde eu estava, eu disse que tinha ido comprar umas coisas, coloquei o baton que havia comprado, perguntei para o corno se estava bonito, ele veio e me beijou, minha boca estava com gosto de porra, se ele percebeu não sei, mas vi que ficou extremamente excitado, e adivinhem… Me levou para o quarto, passou as mãos entre minhas pernas, eu ainda estava escorrendo porra, ele tirou minha calcinha e meteu o dedo dentro de mim, minha buceta estava melecada de tanta porra dos dois que tinham acabado de me comer, ele tirou o dedo e lambeu. Aquilo me deixou louca de tesão, coloquei meu macho, esposo, meu corno para me chupar e o corno engoliu tudo a porra de outros dois. Se ele sentiu, ou percebeu… Bem, eu não sei, mas que me comeu gostoso, comeu. Enfiou o pau dentro de mim, chega se lambuzou. Me fodeu a noite toda. Amanhece toda assada de tanto dar.

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos