X Contos Eroticos » Incesto » Tirei a virgindade do meu filho

Tirei a virgindade do meu filho

  • 8 de janeiro de 2019
  • 5108 views

Olá tudo bem, me chamo Eva e sou casada com Jorge eu hoje estou com 45 anos e meu marido 60 anos temos 3 filhos Márcio o mais velho de 25 ,Bruna está com 22 é casada e o caçula Marlon de 18 anos ,bem oque aconteceu comigo e meu filho Márcio foi a 7 anos atrás quando ele tinha 18 anos e eu 38 anos meu esposo 53 bem Vou tentar ser breve quando eu estava com 34 anos eu e meu esposo viramos evangélicos e por uns 4 anos ficamos na igreja o Márcio meu filho dos 14 aos 18 anos permaneceu junto com a gente mais não conseguimos permanecer e saímos da

disksexo

igreja todos nós ,eu sempre fui uma mulher com fogo no rabo só não traia meu marido por medo de meus filhos não me perdoarem ,eu casei virgem e meu marido era bem mais velho que eu e só me casei por ele ter dinheiro e me dar uma vida tranquila e estável ,bem vamos pular algumas etapas e ir direto ao assunto ,já fora da igreja e meus filhos também o Marlon com 11 anos Bruna 15 e Márcio 18 , meu marido é empresário e viaja muito a negócios e numa destas viagens aconteceu o que vou relatar , Márcio tem muitas espinhas no rosto nas costas e eu adoro espremer espinhas e cravos ,mais ele detesta diz que dói muito e não gosta quando eu o pego pra tirar suas espinhas kkkk ,Márcio namorou umas meninas da igreja mas atualmente está começando um novo namoro com uma filha de minha vizinha gente boa, bem como meu filho estuda a noite e de manhã ele faz cursos e a tarde fica em casa seus irmãos estudam a tarde e eu fico só a tarde pois Márcio saí até umas 16:40 e volta pra ir a faculdade a noite , bem eu notei que ele é muito quieto e também é virgem pelo menos eu acho , ele é muito bonito moreno claro 1:75 uns 70 kg

cabelos castanhos claros e bem curtinho ,eu sou uma mulher branca com cabelos castanhos escuros e olhos castanhos escuros uma bunda média pra grande e coxas grossas seios médios . Um dia conversando com meu filho Márcio eu perguntei se ele era virgem e ele disse que pergunta é essa mãe ,eu disse ué uma pergunta qualquer ele disse não tenho que falar sobre isso e saiu bravo comigo ,eu dei uma risada sozinha pesando ele é virgem e tem vergonha de dizer , um dia estavamos só nóis dois a tarde e ele estava na sua cama em seu quarto ouvindo músicas e a dias eu estava pensando meu filho ainda é virgem e aquilo me deixou exitada pois eu vi muitos artigos sobre incestos e comecei a ler sobre o assunto ver vídeos de mãe e filho transando e no YouTube vi casos reais de mãe e filho inclusive um me chamou atenção foi de uma mãe que tinha seu filho preso num presídio e ao fazer visitas os dois transavam no banheiro o caso foi descoberto e virou um escândalo pode ir no YouTube e talvez vocês possam ver melhor ,bem eu naquela tarde estava disposta a dar minha bucetinha pro meu filho esperimentar e deixar as coisas acontecerem então eu coloquei uma camiseta macia e um shortinho macio e confortável e fui até seu quarto chegando lá ele estava deitado de barriga pra cima ouvindo músicas da década de 80 e 90 eu e ele adoramos estas canções antigas , ele estava de short e sem camisa eu disse vou espremer espinhas em você filho ele disse a mãe eu não quero eu disse não tem querer olha quantas espinhas kkkk ele me deixou mais não gostou muito eu comecei no rosto e depois pedi pra se virar e espremi nas costas e pernas e depois ele ficou de barriga pra cima novamente e vi um começo de ereção nele e seu pênis era um tanto grande e grosso deve ter puxado algum parente pois meu marido tem o pinto pequeno e meio fino , eu estava de joelhos na beira da cama pois os quartos possuem carpetes na época ,eu comecei passar a mão na sua barriga e ele não falou nada eu desci e toquei em sua pica e dei um leve apertão e depois sem nenhuma palavra eu baixei seu short e apareceu uma bela de uma rola grande e grossa nossa meu filho é um jegue e eu comecei a dar beijinhos na cabeça daquela rola e também dava lambidas no seu saco eu puxei seu short e o deixei nú e subi na cama e voltei a chupar aquela beleza de pica eu abocanhei e engoli até onde eu pude e mamei bastante no pau duro do meu filho ele gemia e se contorcia com sua mãe li chupando a rola então eu me livrei do meu shortinho e calcinha e subi encima dele e de costas pra ele fui direcionando seu pau grande pra entrada da minha buceta e fui sentando com tudo até às bolas me tocar a bunda que pica grossa e gostosa é a pica do meu filho me alargando a Xana eu senti ela lá no fundo onde seu pai nunca alcançou eu comecei a cavalgar naquela rola dura e potente e depois de gozar no seu pau eu me deitei na cama de barriga pra cima e abrindo minhas pernas ao máximo pedi que ele viesse e me comece num delicioso papai e mamãe ,ou mamãe e filhinho , ele se colocou no meio de minhas pernas e meio desageitado foi empurrando seu pauzao enorme pra dentro da minha buceta rosada por dentro e o fato de saber que meu filho era virgem que minha bucetinha era a sua primeira buceta que ele estava fudendo e logo eu ia sentir a primeira gozada dele dentro de mim , minha xoxota ia receber uma quantidade enorme de porra virgem aí só de lembrar minha buceta se molha toda eu gozei gostoso 2 vezes antes de sentir sua pica pulsando e soltando jatos de porra buceta adentro que porrinha quentinha e grossa era um esperma espesso viscoso meu filho urrava enquanto despejava seu sêmen dentro de sua mãe ao sair minha buceta escorria seu precioso esperma virgem ,mais eu queria mais eu queria sua porra quentinha e virgem no meu cuzinho e depois de uns 10 minutos eu voltei a chupar sua rola fazendo ela crescer na minha boca e depois me coloquei de quatro e pela primeira vez eu disse vem meu filho soca está pica gostosa no cú da tua mãe me fode gostoso eu quero tua porra virgem no fundo do meu cú e meu menino se ajeitando atrás da sua mamãe foi introduzindo aquela jeba grossa no meu cuzinho apertado e quente e eu senti um frio na espinha ao receber aquele pedaço de nervo no meu cú , depois que ele enterrou tudo no rabinho ardendo da sua mãe ele começou a me possuir como um animal dando estocadas violentas dentro do meu rabo eu estava me gozando toda com uma das mãos no meu grelinho e derrepente ele disse mãe eu vou gozar ,eu disse goza meu amor goza dentro enche o cú da tua mãe de leite e ele deu mais umas 10 fincadas e encheu meu cuzinho de porra que queimava lá no fundo eu me debrucei ao começar receber a porra do meu filho no cú e ele deitado encima de mim despejou toda sua porra no cú da própria mãe euzinha que delícia ,vou contar num outro conto quando meu filho me deu um belo sexo oral vaginal e anal me enchendo os buraquinhos de porra

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos