X Contos Eroticos » Sexo » Cuidando da Tia Marlene

Cuidando da Tia Marlene

  • 25 de maio de 2019
  • 1171 views

Olá boa noite a todos, essa história aconteceu já tem algum tempo, mais sempre que podemos a gente volta a se encontrar.
Tia Marlene havia se separado a mais ou menos 1 anos e até onde sabia não tinha tido mais ninguém, tia Marlene tinha seus 46 anos, morena, cabelos pretos, e um corpo de dar inveja a muita menininha.
Um dia depois de uma festa em sua casa, começamos ajudar na limpeza do quintal, e ja estava tarde e minha tia disse para eu dormir ali pois não iria atrapalhar em nada e ainda lhe fazia companhia, eu não vi nada demais e aceitei o convite, então ficamos conversando até tarde da noite e logo depois ela foi se deitar no seu quarto, eu fiquei na sala ainda vendo televisão por mais um tempo.

disksexo

Foi quando escuto alguns gemidos vindos de seu quarto, e vou até a porta para ouvir melhor, e então escuto minha tia gemendo e delirando falando baixinho como se tivesse alguém com ela… isso faz minha bucetinha gozar, ela já está toda molhadinha.
Nesse momento perdi a noção das coisas e comecei a me masturbar e sem perceber esbarro na porta e ela se abre, a visão que tive dai em diante foi de deixar qualquer um bobo, minha tia toda aberta na cama, se masturbando com um consolo, assim que ela me viu ficou me olhando com uma cara de tarada, de fêmea no cio, louca pra ter um macho, não resisti e parti pra cima daquela mulher linda e desejada.

Cai de boa na sua boceta linda e molhada de tesão,chupada sua gruta ensopada, lambia e sugava seu grelo com força e vontade e minha tia só gemia e se contorcia como uma louca, sempre mandando eu não parar, me mandando fazer ela gozar o que fiz sem deixar de fazer um só minuto até ela soltar todo seu mel na minha boca.
Fiquei em pé na cama e fiz minha tia chupar meu pau, que estava latejante, ela lambia ele todo, chupava do saco até a cabeça onde dava um trato especial mamando como uma puta vadia, e dizia hoje sou sua puta, sua tia safada me faça ser tratada como uma.
Atendi plenamente os desejos daquela mulher faminta por rola,comi sua boceta de todas formas, de lado, de 4, cavalgando em mim como uma putona safada, até a por de bunda pra cima e começar a comer seu cú guloso, metia forte e fundo, sem dó da titia, e a safada sempre pedia mais, queria ter o cu arrombado, então meti muito e sem parar até deixar ela com o cu todo aberto, quando estava pra gozar saquei do rabo meu pau, e a fiz chupar ele todo até encher a cara e a boca da minha tia com todo meu leite quente, e ela estava faminta mesmo, bebeu todo meu leite e deixou meu pau bem limpinho.
Ainda hoje sempre que podemos ficamos juntos, mais isso conto em outro conto, o dia que minha prima pegou a mãe chupando meu pau e quis participar também..
Espero que gostem, votem e comentem.. ate mais abraços
Ai vai algumas fotos da minha tia, o que acham dela?

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos