X Contos Eroticos » Fantasias » Conhecendo a Puta da Minha Vida

Conhecendo a Puta da Minha Vida

  • 20 de fevereiro de 2022
  • 4211 views

Olá meu nome é Alisson, tenho 32 anos ,sou negro, 1,78 de altura, 88kg e sempre fui muito curioso e amante de um bom sexo, intenso, selvagem e sem restrições. Tive algumas experiências e estou aqui para começar uma série de relatos que eu vivi com a minha esposa, quando decidimos explorar o mundo liberal.

Ela tinha o fetiche de assistir Desenhos Porno famosos e me deixou com um tesão inexplicável, bem vamos continuar…

Sou casado à pouco mais de 1 ano com a Karina, 28 anos, negra, 1,58 de altura, 63kg, um corpo muito gostoso, peitos grandes, bunda grande e arrebitada e uma bucetinha bem lisinha e cheirosa, gordinha e deliciosa. Nos damos muito bem na cama, somos bem sinceros, parceiros e muito safados nesse aspecto e adoramos uma putaria. Até um dia que estávamos conversando e ela me perguntou se eu tinha algum fetiche.

Eu respondi que tinha um quando era adolescente, o de fazer um menage feminino. Ela disse que tbm tinha essa curiosidade, saber como seria ser tocada e estimulada por outra mulher e etc, então decidimos realizar essa fantasia e ver o que nos proporcionaria…

Tentamos com algumas amigas dela, mas não deu certo devido o contato e a relação delas. Até que um dia lendo um conto erótico eu descobri um app para troca de casais e afins…

Fiz um perfil nosso, interagi com alguns casais para entender como app e esses encontros funcionam. Até mostrar para a Karina, que se interessou e passamos os 2 a administrar esse perfil. Conhecemos casais das mais diferentes faixas etárias, interesses e experiências, foi muito interessante, pois serviu para abrir a nossa mente e tornar o nosso sexo que já era bom, muito melhor. Transávamos imaginando outro casal conosco, nas mais variadas situações e formas, gozavamos muito e o tesão não tinha limite.

Passamos a falar mais sobre experiências anteriores nesse meio liberal e tudo o que já apontamos nessa vida, que vai ser relatado aqui nessa série.

Então vamos começar numa noite de sexta-feira, a Karina estava trabalhando e eu estava em casa com muito tesão. Então comprei algumas bebidas e estávamos conversando por msg no celular, eu mandei pra ela o quanto estava excitado e uma foto do meu pau pulsando, esperando ela chegar. Dizendo que eu iria abusar dela todinha e ela me excitando cada vez mais.

Até que ela chegou, tomou um banho, jantamos e após a janta começamos a beber e a medida que ficávamos alterados pela bebida o tesão aumentava ainda mais, meu pau pulsava dentro do shorts e começamos a conversar sobre sexo e as experiências anteriores que tivemos.

Mas aí o tesão que já estava alto pela vontade e bebida, aumentou ainda mais com a conversa com ela, que já foi passando a mão na minha perna até chegar na minha rola que já apontava para fora do short.

Ela me pergunta diretamente se eu tenho algum Fetiche, eu fico apreensivo em responder, por não saber qual vai ser a reação e respondo que na adolescência eu tinha vontade/curiosidade de fazer um ménage feminino. A Karina se surpreende, mas diz que também tem essa Fantasia e com uma cara de Safada, ela me pergunta se eu toparia realizar esse Fetiche com ela.

A essa altura, ela já estava me punhetando muito gostoso e eu já estava com as mãos nos peitos dela, então eu respondo que sim e começo a chupar aqueles peitões gostosos que ela tem. Então o clima esquenta ainda mais, ela vai tirando toda a roupa e eu pensando “Que mulher gostosa e safada eu fui arrumar!!” O tesão que já estava sem tamanho, aumenta ainda mais quando ela fica entre as minhas pernas e começa a chupar muito gostoso, concentrada na cabeça do meu pau que é médio, mas grosso. Em seguida ela vai enfiando ele todo na boca, sinto ele batendo fundo da garganta dela e depois saindo todo babado, ela ainda vai chupando e me punhentando, me deixando de olhos revirados de tanto tesão e o meu pau não parava de pulsar de vontade de sentir a bucetinha molhada e apertada dela. Então eu deitei ela de costas na cama, me coloquei entre as pernas dela e já senti o cheiro gostoso do sexo dela, comecei a chupar e a sentir o quanto ela estava molhada e se contorcia, me chamando de puto e de cachorro, pedindo para eu não parar de chupar, que ela iria encher a minha boca. Foi muito gostoso sentir ela bem puta e safada, puxando meu rosto contra a xota dela e me xingando de puto, safado, pedindo para eu chupar a minha putinha. Até que senti ela gozando muito na minha boca, pedindo para eu comer ela bem gostoso.

Então eu disse: “Vem sentar no meu pau, minha safada cachorra?”. Ela veio por cima e desceu bem devagar rebolando aquela raba, durinha e empinada e eu vendo e sentindo o meu pau sumir dentro daquela xota que babava de tanto tesão, então comecei a socar bem gostoso, alternando entre devagar e bem rápido e ela pedindo para eu meter bem fundo, enquanto rebolava na minha rola gemendo muito gostoso e começou a falar “Imagina uma outra mulher chupando a minha bucetinha enquanto vc me come gostoso?”. Isso foi me dando ainda mais tesão e eu socava mais forte e mais fundo imaginando a cena e a Karina não parava e falava “Depois vamos as 2 chupar a sua rola bem gostoso, batendo com ela na nossa cara!!”. Em 1 ano de casamento, nunca tinha visto minha Gostosa tão tesusa e excitada e isso me dava um tesão gigante, uma vontade de foder ela muito, até que ela começa a dar uns espasmos e dizer com a respiração forte que estava gozando e pedindo para eu continuar fodendo. Eu senti a xota dela escorrendo e eu continuei socando, até que ela ficou em pé na parede, empinou bem aquela raba deliciosa e eu comecei a socar gostoso, puxando o cabelo dela. Ela pedindo para eu socar gostoso na minha Putinha, que ela queria tomar muita rola e sair com a xota esfolada e eu fui fodendo gostoso, aí ela começou a gritar dizendo que estava gozando de novo… por conta da bebida, eu estava demorando muito pra gozar.

Então ela viu uma cadeira no quarto e pediu para eu sentar nela… ela veio rebolando bem sensual e foi sentando e eu só sentindo meu pau entrando naquela xota que escorria e eu xingando de puta, vadia, cachorra, piranha safada e sentindo ela rebolar na minha rola. Eu estava loko de bebida e tesão por essa Preta, nem vi a hora passar, só segurei ela pelas pernas e em pé fui socando bem forte e fundo, nessa hora ela gemeu muito alto segurando meu pescoço e as paredes de azulejo do quarto estavam todas suadas e começou a vir aquela vontade de encher aquela xota de leite bem quente.

Ela foi ficando ainda mais puta e falava que tbm queria curtir um menage masculino. Fui perguntando como seria, se ela deixaria outro cara socar fundo na xota dela enquanto ela me chupava, ela dizendo que queria sentir um gozando na boca e outro na bct ao mesmo tempo e isso foi me dando ainda mais tesão e eu explodi dentro da xota dela e vi a minha poha escorrendo pela perna dela e estávamos muito suados e ofegantes, quando vimos já tinham passado umas 5hrs. Esse foi de longe o melhor sexo na minha vida. Mas esse foi só o início de muitas aventuras que tivemos… aguardem

Contos relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 - X Contos Eroticos