X Contos Eroticos » Fetiches » Sexo com Entregador do supermercado

Sexo com Entregador do supermercado

  • 2 de junho de 2019
  • 2037 views

Olá! Quem já leu meus contos sabe que sou safada e não desperdiço uma boa transa.
Estou com 62 anos, separada a 12, loira, olhos verdes e um corpo ainda malhado que chama muito atenção por onde passo.
Hoje, sábado, acordei e qual não foi minha decepção ao abrir a geladeira e não ter leite nem requeijão para tomar no café e decidi ir ao supermercado que fica aqui perto. Fui a pé trajando uma saia jeans curta e uma camiseta regata vermelha sem sutiã pois estava calor e não estava a fins de me arrumar pois nem café tinha tomado.
Peguei o que precisava para o café e um pouco mais, passei no caixa e ao sair vi que não conseguiria levar tudo sozinha e pedi para a operadora me arrumar alguém pra me ajudar.

disksexo


Logo apareceu um jovem de uns 16 ou 17 anos, loiro alto, cabelos lisos e longos, um gato e esbocei um sorriso e perguntei:
-Você pode me ajudar a levar essas sacolas até minha casa? É aqui pertinho.
Ele respondeu sorrindo:
– Mesmo que fosse longe eu levaria com muito prazer!
Sorri e partimos para minha casa conversando e me disse que tinha 18 anos e que fazia cursinho a noite tentar entrar na faculdade.
Ao chegarmos em casa enquanto ele tirava as compras do carrinho e pondo na mesa da cozinha fui tirar as roupas do varal quando ele se despencou em cima de mim e o jovem veio me ajudar mas tamanha confusão com roupas por cima de mim que ele passava as mãos nos meus cabelos … pelos meus seios … me encoxava suavemente e quando conseguimos resolver a situação com as roupas ele disse:
– A senhora tem um peitinho lindo e de biquinho rosado e eu adoro isso
Quando olhei pra baixo percebi que na confusão do varal deixei um seio fora da camiseta e fiquei excitada após as encoxadas e pelo elogio do garoto, me recompus e convidei Ricardo pra tomar um café que prontamente aceitou e sentou-se no banquinho da cozinha.
Enquanto passava o café percebi que ele estava com o pau duro e perguntei se ele tinha namora e ele disse que sim mas que ela não o satisfazia plenamente e eu perguntei:
– Por que?
– Ela não gosta muito de sexo, sabe?
– isso não é bom, né? Como um garoto bonito como você pode ficar nessa situação?
Após servir o café Ricardo me perguntou:
– E como uma mulher linda e atraente como você pode conviver sem um homem?
Aquilo foi um convite! Olhei bem nos seus olhos e perguntei:
– Você saberia como matar essa minha vontade?
Esboçou um sorriso, me puxou para perto de si, beijou meus seios por cima da camiseta, soltei um gemido e foi a conta dágua. Tirou minha regata, me deu um banho de língua nos peitos, tirou minha saia, me pos deitada na mesa, começou a xupar minha xana e disse:
– Primeira vez que como uma coroa
– Aproveite
Senti seu pau entrando na minha buceta molhada e ele socou forte até sentir uns 2 litros de porra me invadindo … nunca senti tanta porra assim. Ficamos um tempo assim sem falar nada até que nos levantamos, nos beijamos na boca por um tempão quando ele foi empurrando minha cabeça pra baixo me deixando de joelhos e me pos a xupar seu pau.
Quando eu vi, fiquei maravilhada com o tamanho e beleza do seu pau. Prontamente comecei a mamar aquela pica doce que mal cabia na minha boca enquanto fazia massagem no seu saco até sentir minha boca encharcada com mais porra doce
Ele saiu dizendo:
– Quando fizer compras novamente me chame que posso ti dar mais prazer, ok?
Fiquei largada e alagada na mesa da cozinha só imaginado como será minha próxima compra

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos