X Contos Eroticos » Fetiches » Massagem especial na esposa

Massagem especial na esposa

  • 21 de setembro de 2020
  • 780 views

Bem, este é o nosso primeiro conto erótico, meu nome é Léo e minha esposa chama-se Larissa, eu tenho 1,75 e 65kgs, corpo médio para atleta e pau de 21cm; minha esposa tem 1,60 e 55kgs, corpo bonito e uma bunda grande gostosa.

disksexo

Vamos a história, sou louco por contos, histórias e fantasiar loucuras, e sempre insistindo para a minha esposa se transformar na cama, mas apenas às vezes falamos umas doideiras na cama, então começamos a falar sobre fetiches e desejos, aonde conto lhes o que houve…

Larissa estava com dores nas costas e sempre que faço massagem, o tesão é imenso, mas ainda não lhe satisfaz na questão dor, então procurei um massagista e consegui explicar a situação e acertamos algums detalhes.

Combinei com a Larissa sobre a massagem e que seria normal, aonde estaria junto, ok, chegamos no dia e como já era combinado o massagista nos recebeu, explicou aonde minha esposa poderia se trocar e aguardou, fui para a poltrona ao lado, me sentei e logo ela veio.

Larissa deitou de bruços, deliciosa de sutiã e fio dental enterrado naquele rabo delicioso, colocou a toalha sobre sua bunda e então Raul, massagista, começou a massagear pelos pés, foi subindo, conversando, passando mais cremes, foi para a coluna, cuidou das costas e voltou para as pernas, coxas, massageou e sempre ia subindo mais em direção à sua bunda, pedindo licença retirou a toalha para melhor massagear, aonde viu a bunda deliciosa de minha esposa, ela se ajeitou, e eu também pois meu pau já estava animado.

Raul continuou com as idas e vindas, sempre passando as mãos nas coxas e indo até a bunda, já pegando de mão cheia, com as mãos abertas, voltava e encostando na buceta de minha esposa que respirava ofegante, Raul massageava por dentro da coxa, chegando até a buceta molhada e tocava seus dedos, quase penetrando já, perguntei se a calcinha estava atrapalhando, Raul disse que sim, aonde minha esposa safada empinou a bunda, levantei e fui tirar a calcinha que estava enfiada em sua bucetinha e super molhada, aproveitei e dei uma lambida magistral naquela buceta deliciosa.

Raul continuou, agora ia de cabo a RABO sem nada para atrapalhar, pediu para virar de frente, aonde viu seus peitos durinhos e sua buceta gostosa depiladinha e pingando, Raul continuou a massagem e ficou tempos massageando e aproveitando aquela buceta, pediu licença para ir ao banheiro, novamente fui e lambi aquela buceta TOP de minha esposa, Raul retornou e apenas de cueca box, deu pra ver o tamanho, menor que o meu, mas duríssimo pelo tesão.

Continuou com a massagem então pediu para que a Larissa virasse novamente, ela virou e em alguns movimentos, colocou ela de 4, amo esta posição, Raul pode ver a perfeição e começou a massagear a bucetinha e o cuzinho, levantei, fui na sua frente e minha esposa mais que de pressa pegou meu pau, abocanhou e mamou, chupou, chupou minhas bolas, a cabeça, engolia e batia com uma mão e se apoiava com a outra, nisso, olho e vejo Raul chupando a bucetinha de minha esposa, ela adora ser chupada, amo chupar essa Buceta, não demorou e minha linda gozou, gozou e se fartou, e então como combinado Raul se ajeitou atrás de minha esposa após chupá-la e roçou, passou perto e bateu o pau na bunda dela, mas não a penetrou, hoje não…

Fomos pra casa e lá sim, comi minha gostosa de várias formas e ela contando os pensamentos que teve.

Contos relacionados

Comentários

© 2020 - X Contos Eroticos