X Contos Eroticos » Incesto » Sexo Anal com meu sogro

Sexo Anal com meu sogro

  • 16 de outubro de 2018
  • 2747 views

Me chamo Debora e quando eu tinha 20 anos namorei um rapaz chamado Rafael. Sempre fiquei com morenos e ele não foi exceção. Magro , por volta de seus 23 anos não era nenhum top de beleza mas tinha suas qualidades .

disksexo

E que qualidades… Um pau maravilhoso que eu fazia questão de mamar sempre. Gostava de enterrar meu rabo naquela pica grossa e cabeçuda.

Depois que começou a trabalhar em outra cidade o nosso ritmo diminuiu. Chegava quase sempre cansado.

Surgiu um feriado prolongado e ele resolveu ficar com o pai me levando junto.

Logo o Seu Julio…Meu sogro era meio estranho , pouca conversa. Não era de se jogar fora , mas era meu sogro e eu nunca tive maldade.

De uns tempos pra ca notei que Júlio ficou com uns olhares maliciosos.

Sempre vestia top e short bem curto. Mas quando ia para casa dele evitava ao maximo e colocava vestidos bem comportados.

Certa noite transando com o Rafa ouvi um barulho mas estava tão excitada que nem quis parar e ver o que era.

Na manhã seguinte estava na cozinha preparando o café e o Julio entrou para pegar agua.

-Gostei do show. Fiquei de pau duro . Acabei derrubando o vaso de plantas e sai. Toquei uma punheta no meu quarto ouvindo vc gozar.

– Por isso a porta do quarto estava entreaberta.

– Sim. Estava vendo você dar esse cu que deve ser delicioso para o meu filho. Esses peitoes balancando a cada estocada. Queria colocar meu pau na sua boca naquela hora.

Fingi que nem ouvi e sai com a bandeja do cafe nas mãos.

Que absurdo! O cara nao tem respeito pelo proprio filho. Ridiculo,sera que o pai era assim tambem com as outras que passaram?

A tardinha coloquei um maiô e resolvi pegar o pouco de sol que restava. Peguei um livro e fui para a varanda sentei na poltrona. O Rafa apareceu fazendo uma cara de reprovação.

-tsS,ts,ts…Não gostei . Cadê o bikini?

– Resolvi não usar aqui. Em respeito ao seu pai.

-Meu pai ta velho Já. E se ele olhar, o que tem? Eu fico até feliz com uma mulher gostosa dessas. Agora abre essas pernas so um pouquinho vou colocar meu dedinho nesse sininho.

-Rafa..

O Júlio passou e interrompeu a brincadeira. Deu boa tarde e mergulhou na piscina. Não tinha reparado como ele tem um corpo bonito . Apesar dos 45 anos ele estava bem.

-Vamos entrar , meu pau chega está envergando aqui.

Como boa menina obedeci.

A noite foi animada ficamos jogando cartas e como sempre acontece sou pata deles. Sempre perco e a zoeira è geral. Entre uma rodada e outra cracudinhas e drinks . O Rafa já não estava aguentando e cheio de sono e muito bêbado foi dormir.

-Amor fui. Fica fazendo companhia pro papai.

-Daqui a uns 10 minutos eu estou indo Rafa.

Ficamos um tempo jogando e depois pedi licença para me retirar.

Assim que levantei ele passou a mão na minha perna.

-Tenta mais alguma gracinha e eu chamo seu filho.

-Eu ia adorar. Já foi comida por dois?

Respirei fundo com a resposta .

Fui tomar um banho antes de dormir e percebi que alguem entrou. Imaginei que fosse o Rafa e como estava de costas não expressei reação.

Senti uma mão pesada apertando meu seio e um dedo no meu cuzinho. Virei rapidamente e era o Júlio.

-Tira suas mãos de mim! RAFAEL!

-Como ele vai te ouvir ? Bêbado do jeito que ele esta , nem se a casa estiver desabando. Conheço meu filho.

Tentei correr e chegar ao quarto mas ele me agarrou com violência. Chutes, arranhões e mordidas mas nada disso fez com que ele me largasse.

Me arrastou para o quarto dele.

Comecei a gritar por socorro e levei um tapa na cara.

-Hj vc é minha sua puta. Eu sei que você quer. Pensa que eu não reparei vc me comendo com olhos na varanda?

-Porfavor para com isso. Me deixa sair o Rafael não vai saber de nada eu juro…-Fui interrompida com um beijo violento. Não sei porque mas estava ficando excitada.

Pegou uma algema no bolso da calça e prendeu minhas mãos.

-O que vai fazer comigo?

-Cala sua boca! Vadia. – Abriu minhas pernas e caiu de boca, começou a sugar meu clítoris e ficou esfregando a lingua nele.

-Para com isso por favor… Assim eu gozo.

Aumentou o ritmo da chupada e gozei na cara dele.

-Delícia vadia -Tirou o short e aquela rola grossa( maior do que do filho) estava melada e pronta pra ser chupada.

-Vc quer né? Chupa a rola gostosa do seu sogro. Vai sua puta. Isso… Bem na cabecinha …

Pqp que boca gostosa

Comecei a sugar com vontade . Me concentrando na cabeça , chupei a pontinha , engolia as bolas . Ele começou a fuder a minha boca , empurrava até a garganta.

Eu estava totalmente vulnerável. Não tinha como reagir, se eu gritasse novamente ele ia me dar outro tapa. Mas por incrível que pareça eu estava amando aquilo.

-Vamos ver esses melões agora. Continua me chupando vadia.

Ele ficou de lado e deitada continuei a chupar aquela pica que prometia muito. Começou a chupar meus seios, morder o bico e me deixando louca de tesao fazendo eu babar totalmente aquele pau.

-Chega cachorra senão eu gozo . Sabe qual a diferença do pai e do filho agora né safada? Eu demoro muito mais a gozar.

Me virou novamente com estupidez e levantou meu quadril com força.

-Empina a porra dessa bunda! Isso . – Começou a enfiar um dedo no meu cu , depois o segundo …

-Nossa…Meu filho come pouco esse rabo. Mas azar o dele , sorte a minha. Sabe que eu não gosto de comer buceta?

-Meu Deus, Sr Julio devagar…

Penetrou a cabeça com força e eu comecei a gritar de dor. Parecia que ele estava adorando aquilo e aumentou as estocadas . Achei que ia me arrancar as pregas , levou uma mão no meu peito beliscando o mamilo quase tirando fora . Continuou com mais força e a dor virou prazer.

-Ahh que gostoso fode meu cu . Alarga mais , quero ficar ardida isso.

– Assim que se come um cu explica pra ele. Ahhhhh ….. Vou gozar.

Tirou a pica do meu cu e me obrigou a engolir a rola empurrou ate a garganta me fazendo engasgar com a porra .

-Engole tudo vaca.

Assim que terminamos ele tirou minhas algemas e eu voltei para o meu quarto. Toda dolorida e querendo mais. Vou esperar o Rafa acordar para ir ao segundo round.

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos