X Contos Eroticos » Gays » Conto Gay – Cuzinho arrebentado sem dó

Conto Gay – Cuzinho arrebentado sem dó

  • 2 de setembro de 2018
  • 2330 views

Sempre fui um garoto muito bonito, tinha cabelos loiros longos e amu bunda que deixava a mulecada da rua doida, mas nunca tinha dado por medo, cantadas não faltaram, mas sempre preferi me mastubar em casa com algum consolo.

Tudo mudou qndo viajei com a familia de um amigo era um final e semana prolongado mas porum imprevisto a mãe e o amigo voltaram pro Rio, ficou só eu o seu Zé. Ocara tava doido pra me comer e rapidinho começou a falar que a esposa dele não gostava e sexo anal e que ele adorava, de inicio não dei muita conversa, mas a noite ele entrou no meu quarto, trancou aporta e pediu que eu tirasse a roupa que ele só queria ver minha bundinha e tocar uma punheta, concordei, tirei a roupa e fiquei de costas pra ele que me agarrou e começou a me beijar foi abaixando abriu minha

bunda, primeiro enfiou o dedo grosso e depois começou a lamber meu cú, foi maravilhoso, pediu que esperasse, e veio sorridente com um creme hidradante na mão ..passou no pau..no meu cú..me inclinou e começou aforçar a entrada do meu rabinho, me empineu e arregacei e ele forçava sem dó meu rabo de menino que oferecia muita resistencia..só sendo muito safado para gostar daquilo…aos poucos o caralho dele foi entrando e arrebentando meu cú..era uma mistira de dor e prazer alucinates em pouco tempo ele já estava quase gozando..tirou a pica do meu cú e me deu pra chupar..o gosto de merda era maravilhoso ..qndo ia gozar ele me puxou pelos cabelos e encheu minha boquinha de esporra que engoli com gosto..passei o resto dos dias dando muito e gemendo que nem uma fêmea no caralho de meu macho e ele adorou me comer pois além de gostosa era bonita( ele adorva me beijar na boca) assim foi minha priomeria vez

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos