X Contos Eroticos » Fetiches » O dia que emprestei a minha esposa

O dia que emprestei a minha esposa

  • 3 de março de 2024
  • 569 views

Foi num feriado da semana santa ,convidei um casal de amigos com filhos para ir para a praia,saímos na sexta-feira rumo ao litoral do Espírito Santo,no Sábado fomos para a praia,eu pedir para minha esposa colocar um biquíni fio dental,eu queria exibir minha mulher para o meu amigo,sem ele saber,e para minha surpresa ele fez o mesmo,com a esposa dele,chegando na praia começamos a tomarmos umas cervejas,conversa vai, conversa vem,e começamos a elogiarmos um a esposa do outro,o tesão foi aflorando,tanto em mim como no nele,chegando em casa falei para minha esposa o que ficamos falando em quanto elas tomavam sol,ela ficou vermelha, mas sorridente,eu teria que ir para minha cidade,e voltaria só na outra sexta-feira,então eu falei que ia deixar ela fazer o que quiser, com eles,ela

sorriu, e falou que ia pensar,e que eu estava ficando louco,pois tinha criança em casa,falei é simples é só deixar as crianças dormirem,sorrir e sai de perto, não perdi tempo,logo fui falar para o meu amigo o meus planos para eles,ele me olhou com brilho nos olhos,e falou é sério?falei que sim, mas ele tinha que me contar tudo,e tirar fotos,então domingo fui para minha cidade,ansioso,nervoso e com muito tesão,deixei passar a segunda feira,na terça-feira mando mensagem para ele e perguntando se já tinham feito,ele me jogou um balde de água fria,falou que minha

esposa falou para eles, que não achava certo,pois eu não estava presente,na quarta-feira ligo para minha esposa,e pergunto como estão as coisas,ela fala que está tudo bem, mas não toca no assunto,então eu puxo conversa e toco no assunto,ela me fala que não acha certo,eu falo que está tudo bem,e que isso não é traição ,pois sou eu que estou autorizando,tanto eles como ela,novamente ela me chama de louco,e me diz que ia pensar,aí eu falei, mas pensa com carinho,torcendo para ela aceitar,e assim que desligo o celular com ela,mando uma mensagem para meu

amigo,falando para investir ,a minha esposa não é de beber, mas gosta de um Campari,perguntei para ele se ele não estava afim?ele me respondeu que ele é a esposa queriam,aquilo me deixou com um tesão enorme,falei com ele para comprar uma garrafa de compare , e beberem à noite.Que no outro dia eu iria mandar mensagem para ele perguntando se tinha dado certo.passei o dia ansioso,e com muito tesão,na expectativa que ia dar certo,na quinta-feira na hora do meu almoço,mando uma mensagem para ele,ele me fala que sim, mas não podia me contar pois

estava na praia com as crianças,e me falou que era melhor contar tomando uma cerveja pessoalmente,não sei porque concordei,só sei que fiquei com muita tesão,doido para chegar a hora de eu ir para praia,na sexta-feira ,chegando lá,todo mundo já estava me esperando,cheguei dei um beijo na minha esposa,comprimentei o casal de amigos ,com sorriso safado, e fui tomar um banho,para sairmos, e para minha surpresa sairíamos sem as crianças, mas antes de sairmos,os três me chamam no quarto do casal, e eu acho que eles vão me contar o que tinha acontecido e levo um surto,a esposa do meu amigo tinha feito uma tatuagem de rena só que na hora tinha achado que era de verdade,ela

tinha feito na portinha do rego, uma estrela com o meu nome ,fiquei sem palavras, mas não deu nem para falar nada,pois entrou uma criança no quarto e tivemos que mudar de assunto,despedimos das crianças e saímos,nos íamos sair no carro deles,entro no banco de traz , e para minha surpresa ,mais uma vez,quem senta atrás comigo e a esposa do meu amigo,e a minha senta no banco da frente com ele,aí eu perguntei, para a onde nós irmos?os três responderam em um lugar especial, e pegamos em sentido a BR, e o meu amigo entra para um motel e fala,agora sou eu que vou te dar um presente,vamos pedir duas suítes,você vai ficar com a minha esposa e eu com a sua,nossa aquilo foi um banho de água fria,eu queria ver a minha esposa sendo fodida,e tinha outro fator,a dele não dava o CÚ , e a minha dava, mas eu não ia reclamar do presente, e assim fomos para cada um para sua suíte,chegando na minha suíte,começo a beijar , bem devagar ,a despi-la,tirando o vestido primeiro e depois o sutiã de renda novinho só para

mim, e por último uma calcinha de renda fio dental linda,deito ela na cama e começo a chupar ,aquela bucetinha molhadinha ,estava uma delícia,eu chupando e ela ,gemendo e se cortorcendo ,na minha boca e não demorou muito,ela me avisa que ia gozar ,então chupo o seu mel todinho,coloco ela de quatro e começo bem de vagar,primeiro a cabecinha do meu pau no sentido de vai e vem sem entrar tudo,e só depois,começo enfiar tudo também no sentido de vai e vem,até que ela me avisa que ia gozar novamente,tiro o meu pau e Caio de boca novamente naquela buceta gostosa,aí ela me pede para ficar em pé, e se ajoelha no chão, e começa a fazer um boquete delicioso, e não demora, minha vez de anunciar que iria gozar,e encho a boca dela com minha porra,o qual escorre pelos seios dela,fala com

ela ,que quero tirar uma foto, para mostrar para o marido dela, como tinha ficado bonita,e assim faço,levantamos e fomos tomar um banho juntos,nos vestimos e mandamos um mensagem para os conges,esperamos mais uma hora e meia,até eles retornarem nossa mensagem,nesse período ficamos conversando e nos beijando,até dar a hora de irmos,entramos no carro,só que agora cada um com sua esposa,,chegando em casa nós despedimos demos boa noite e fomos para o quarto,e assim que chego no quarto,não aquento de tesao,começo a beijar ela, e a despi-la,quando noto aqueles bocetinha que amo tanto,toda meladinha ,enchada e rosada,não aquento de tesão,começo a beijar,dizendo que amava e fui penetrando aquela bucetinha encharcada,ela mordia a ponta da minha orelha, e falando que me amava muito, e que estava muito feliz,ela acaba de falar isso, e anucia que ia gozar ,eu não aguento, e

também gozo com um cavalo dentro daquela bocetinha molhada,deitamos exaltos,e dormimos juntos pelados,no outro dia,levanto vou na padaria,compro pão,tomo café rapidamente,e chamo o meu amigo para dar uma volta e tomar um cerveja,louco para escutar à história,sentamos no kiosque,abrimos uma cerveja,brindamos nossa amizade,e pedir para me contar tudo,ele me contou,que fez o que eu tinha falado,foi no mercado comprou uma garrafa de Campari e fardo de cerveja para ele e a esposa,e comeram a beber,esperou as crianças dormirem ,para

começar o conversar mais quente, e começaram a elogiar a minha esposa,que ela era linda, e que os dois estavam loucos por ela,fazendo ela ficar vermelha e sorridente,então eles pega ela pela mãos ,um em cada,levando para o quarto,tiram a sua blusa e o sutiã,começando cada um beijando o pescoço,cada um de um lado,foram descendo para os seios,cada um de um lado,botaram ela na cama, e acabaram de despir ela,ele foi para a cabeceira da cama,botando

o seu pau duro como uma rocha, e a sua esposa ,abrindo a suas pernas,chupando a sua bucetinha,ele falou que trataram minha esposa como se fosse um abate,sem deixar tempo para pensar,depois botaram ela de quatro,ele penetrando nela, e minha esposa chupando a buceta da sua,ele não sabe dizer quantas vezes gosaram, mas ele falou que foi maravilhoso, e depois me mostrou algumas fotos que tirou,fiquei doido de tesão,não sei quantas punhetas bati,vendo aquelas fotos,espero que tenham gostado,na próxima conto como foi no motel,abraço.

Contos relacionados

Comentários

Uma resposta para “Minha cunhada insistiu enrabei ela”

  1. Tonho disse:

    Gostei.otimo conto. Manda fotos de sua mãe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2024 - X Contos Eroticos