X Contos Eroticos » Fantasias » Putaria na Hidroginástica

Putaria na Hidroginástica

  • 7 de outubro de 2018
  • 994 views

No ultimo inverno colocamos em pratica uma fantasia que até hoje nos faz ter gozos deliciosos lembrando dela em nossas noites de sexo.
Minha mulher tem 40 anos e continua uma delicia , uma bunda grande que chama atenção, e pernas grossas, pois bem ela me fez ir fazer hidroginástica com ela , acho que erá-mos os mais novos , e ela com sua bunda grande chamava atenção .
Durante as aulas sempre que dava eu a agarrava e dava uma sarradinha naquela bunda deliciosa.


O inverno chega e a frequencia cai , poucas pessoas na piscina na maioria mulheres, e minha mulher fazendo um movimento saltava e colocava a bunda fora da agua , ela se posiciona na minha frente e o seu maiô entra dentro da bunda e o deixa fio dental fiquei louco de tesão , e ela fazia de sacanagem pois olhava pra trás e ria, acaba a aula mas fico mais um pouco relaxando na agua quente , pois não dava pra sair da agua de pau duro.
Saio da agua e vou pro vestiario , ja estava vazio , o vapor da agua quente tomava conta do ambiente , ligo a ducha e tiro o short , e deixo a agua quente bater em mim , e sinto braços me abraçando , levo um susto e me viro e vejo minha mulher, que me beija antes de eu falar alguma coisa , afasto as alças do maiô e abaixo até a cintura e deixo ela com os seios de fora , solto sua boca e desço e beijo suas tetas lindas e gostosas, ela se abaixa e abocanha meu pinto duro e me faz um boquete delicioso , não deixo que ela me faça gozar , a levanto e a coloco de frente pra parede e tiro o resto do maiô a agarro por traz e encho minha mão com suas tetas, mas quando nos viramos demos de cara com um senhor que devia ter mais de 80 anos , eu encostado na parede e ela na minha frente , o velhinho tinha a visão dela nua , ele a olha de cima a baixo e falou : por favor não parem , a muito que não vejo uma mulher tão linda , ela me olha e fala posso amor eu aceno com a cabeça e ela se aproxima dele e fala quer tocar fique a vontade , o velhinho toca suavemente em seus seios e ela sente um tesão enorme , ela o pega pela mão e leva até os bancos e se deita , e fala pra ele vem, vem sentir minha bucetinha, o velhinho a toca com carinho e ela geme ela pega sua cabeça e faz ele sentir o sabor da sua buceta , o velhinho a chupa com vontade e ela me chama e fala amor vou gozar na boca dele e goza , o velhinho se levanta e vejo que seu pau estava duro não era grande mas roliço, e falo termina, fode essa gostosa , ele encaixa na entrada da sua boceta e a come , ela geme e fala que ele estava sendo fodida , ele dava estocada e fala que ia gozar e tenta tirar de dentro dela mas ela o prende e o faz gozar dento dela , ela adora sentir o jato quente de porra explodir dentro dela, ele se levanta e se arruma e agradecendo se vai, ela sentada com uma perna em cima do banco faz sua boceta se abrir e de dentro escorre a porra do velhinho ela me olha e fala vem amor quero sentir sua porra agora dento de mim, com um tesão enorme eu vou pra cima dela que me recebe sinto ela toda melada toda esporrada e entro e fodo fundo , ela geme e pedia que eu a fodesse , era outra mulher , falava me come me fode , fode sua puta , e gozamos novamente.
Rapidamente nos arrumamos a fomos pra casa, aquela noite foi de mais sexo em casa , ficamos mais um tempo nas aulas mas não vimos mais o velhinho, ela depois desse dia ficou uma coisa na cama solta e goza muito só lembrando do velhinho

Contos relacionados

Comentários

3 respostas para “Transa entre o muleque e o coroa roludo”

  1. Fabio disse:

    Queria ser esse corno

  2. Hiroshi disse:

    E só deixar eu comer sua mulher,gozar no cu e na buceta dela

  3. Hiroshi disse:

    deixa eu comer sua mulher,gozar no cu e na buceta della

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 - X Contos Eroticos