X Contos Eroticos » Fantasias » Casa de Swing com muita safadeza

Casa de Swing com muita safadeza

  • 13 de fevereiro de 2022
  • 2697 views

Olá meu nome é Sandra, vou descrever minha primeira vez em uma casa de swing, fui com meu namorado na época, Fernando.
Tenho 1,60 seios tamanhos médios como podem ver na foto, mas o que chama a atenção mesmo são as coxas e o bumbum…
O Fernando tem um pênis lindo, grande e delicioso, mas só compartilhava comigo, me levava lá mas não queria ser tocado por ninguém! Queria me ver sendo comida, de preferência junto com ele em uma DP, esse era o tesão dele.
Um dia ele me disse durante o dia que naquela sexta-feira iríamos lá, para caprichar no visual.

Coloquei uma blusa sexy e decotada preta, um fio dental e uma mini saia de paetê prata, um salto altíssimo preto completou o visual, como estava frio, coloquei um sobretudo preto.
Quando chegamos ele tratou de pedir umas bebidas e lá na mesa mesmo começou a me agarrar, subiu minha saia já curta, deixando quem quisesse olhar ver minha calcinha. Colocou ela de lado e enfiou o dedo, me sentido molhada, ele me falou que iria me comer, me levou para um quarto cheio de tela, os homens nos seguiam erriçados, passando as mãos pela minha bunda.

No quarto me mandou ficar de 4, e entrou fácil na minha vagina, me falando que queria meu cu, precisava preparar ele para ser comido.
Falou gata: Hoje você vai ser muito comida, prepare-se!
Já enfiando seu delicioso pau no meu cu, ele foi devagar para eu acostumar… delicioso, pedia pra ele colocar tudo! Estava muito excitada! Ouvia os homens falarem através da tela, me deixa comer essa deliciosa também cara!
Quando eu já tinha gozado, ele me pegou pela mão e me levou para um salão escuro, lá tinha diversos homens e os que nos seguiram, já me rodearam e começaram a me passar a mão pelo corpo inteiro… não dava para ver quase nada naquela escuridão, só sentia as mãos audaciosas e sem limites.

Uma delas já subia minha saia e enrolou ela na minha cintura, outra já abaixava minha calcinha, que o Fernando já tratou de guardar no bolso. Outro já puxou meu seio durinho, pra fora e começou a lamber, eu estava enlouquecida!!!
O Fernando me levou até um lugar que tinham uns sofás, sentou e me puxou pro colo dele, sentei de frente e ele me chupando o bico do seio, minha blusa era muito decotada, não precisava muito pra liberar os seios, foi logo colocando aquela maravilha de pênis na minha vagina mais que ensopada, eu estava muito excitada com tudo aquilo, tanto que ele entrou já no fundo… Começou a me exibir sendo comida por ele, as mãos avançaram urgente sobre meu corpo! Eram muitas e muitos pênis acompanhavam as mãos, sentia eles me tocando no corpo todo.
Senti minha cabeça sendo gentilmente puxada em direção a uma delicia de pênis, enquanto sentia um tentando entrar no meu cuzinho apertado, na hora me assustei! Mas o Fernando me segurou no lugar, exibindo ainda mais minha bunda, para facilitar a entrada do invasor sem rosto… ele colocou a mão pra ver se estava com camisinha e consentiu o acesso. Falou pra mim relaxar que ele estava de olho!

Estava difícil de entrar, porque estava preenchida na vagina por grosso de 22 cm e o outro empurrava com força, Fernando esfregava meu clitóris, me excitando e me distraindo, pra não sentir a dor no meu cu. Enquanto isso, fazia um boquete delicioso no pênis na minha boca, enquanto gemia que nem uma vadia.
O cara saiu da minha boca e falou pro que me comia, sai que é minha vez!
O homem obedeceu, mas já abocanhou meu seio, enquanto pegava minha mão e colocava no pênis dele. Já tinha outro na minha boca, me engasgando, perdi a razão, fiquei louca e confusa, o que estava no meu cuzinho socava com força, o Fernando não parava de socar fundo, gozei que nem uma louca, foi muito intenso, até abandonei o que estava na minha boca, de tanto que gemia! Fernando me puxou para um delicioso beijo enquanto me enxia de porra!
O desconhecido gozou e outro já forçava meu cuzinho dolorido.

Senti que não ia aguentar ser comida de novo em seguida, falei pro Fernando me socorrer.
Ele falou pra eu deixar o coitado gozar primeiro, me colocou de 4 e ficou assistindo. Um atrevido tentou se colocar embaixo pra comer minha boceta melada, o Fernando não deixou, falou que a boceta deliciosa só ele comia.
Frustrado, o homem já enviou o pênis na minha boca, puxou meu cabelo e falou: Mama sua puta!
Doeu mas obedeci, o cara comendo meu cu, enfiava forte e batia na minha bunda gritando, vai putinha! Rebola na minha vara!
Estava dolorida, mas obedeci, quando ele gozou o Fernando falou, calma pessoal, ela precisa se recompor, eram muitos! Todos queriam participar, quando olhei a multidão me assustei.

Falei pro Fernando me levar dali, ele obedeceu, saí sendo arrastada, toda melada, descabelada, com os dois seios de fora do decote e a saia na cintura, fui me ajeitando no caminho até o banheiro, as mãos não paravam!
No claro, fiquei chocada, eles estavam me seguindo… Falando pro Fernando que puta deliciosa que ele tinha, que valorizasse, ter uma puta dessa gostosa e que fode desse jeito, era muita sorte.
No banheiro me lavei com a ducha, estava assada e melada, as pernas bambas em cima do salto, bochechei com o exaguante bocal, ajeitei meu cabelo e minhas roupas, lavei o rosto, prendi o cabelo e saí.
Eles continuavam esperando do lado de fora, queriam ter sua foda garantida! Fiquei com medo e pedi pro me Fe me levar embora.

Ele consentiu, me puxou pela mão, me conduzindo pra fora daquela loucura toda! No carro ele me perguntou se gostei, falei que sim, mas que não ia querer ficar exposta daquela forma com tantos tarados de uma vez, eles foram agressivos, pedi para trocar casal da próxima vez.
O Fe não gosta de ser tocado, falou que queria me dividir de novo, mas em outra DP maravilhosa, eu poderia ficar com o casal só pra mim, ele tinha um sonho de mulher não precisava de mais ninguém!
Esse conto foi real pessoal, voltamos muitas vezes depois desse dia, conto em outra oportunidade!
Me escrevam se quiserem! Beijos

Contos relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 - X Contos Eroticos