X Contos Eroticos » Corno » Putaria entre a minha esposa e o caseiro negão

Putaria entre a minha esposa e o caseiro negão

  • 16 de setembro de 2018
  • 3182 views

Ola amigos! esse é um relato real que aconteceu em 2017,ou seja á pouco anos atraz.
para quem não nos conhecem,somos um casal realizados,com lindos filhos, hoje adultos,temos 19 anos de casados e muito bem casados,fazemos quase tudo que nossa condição financeira nos permite,não somos ricos mais vivemos bem!

Nossa vida sexual é muito ativa e liberal a muitos anos,praticamente des do inicio do nosso casamento,com nossas fantasias e mais tarde com nossas participaões em swing,menage , aqui em Belo Horizontee e outras cidades,temos alguns casais de amigos que mantemos nossas “orgias” ativamente até hoje.


pois bem, nesse conto especifico,tudo começou quando um amigo me indicou um sítio que estaria á venda na região de lagoa santa , uma cidade próxima de BH, no final de semana eu e minha esposa fomos apra conhecer e se tudo desse certo fechariamos o negócio;tudo ficou mais facil para concluir pois o até então dono era muto amigo desse meu amigo que me indicou e muto simpático,ele e sua esposa!
fechamos o negocio, ele nos mostrou detalhes da propiedade e apresentou o caseiro,vamos chama-lo de “Ademir”,Ademir era um negro muito forte,40anos e separado algum tempo de sua esposa,presentados a ele com os novos propietários e que era para cuidar muito bem de nós,como fizera por muito tempo com eles,depois disso fomos nós quatro comemorar o negocio fechado a beira da picina com um churrasquinho,como de ultima hora resolvemos fazer essa comemoração ,foi pedido para Ademir pra dar uma limpeza na picina e ele imediatamente começou a limpar,minha esposa sempre muito comunicativa, a essa hora já estava muito a vontade com a esposa no nosso novo amigo, e elas por terem praicamente o mesmo biotipo,diferenciado um pouco pelo o bundão maravilhoso da minha esposa,não ficou dificil arrumar um biquini,ficamos preparando as bebidas enquanto Ademir a essa altura sem camisa,permitido a ele devido ao insuportavel calor daquele dia,quando nossas esposas voltaram,conhecendo minha esposa,comecei a observa-la,não deixando de observar tambem a esposa de nosso amigo ,diga-se de passagem muito deliciosa,e a observar Ademir;pude observar minha vadia esposa começar a exibir seu dotes de puta para todos e por consequencia,Ademir não conseguia parar de despistadamente a olhar,como ele estava de calção pude notar que estava ficando excitado,mas continuamos a beber e conversar e a toda hora Ademir se aproximava preoculpado se estava tudo ok (sei!!!!),naquele momento minha esposa já estava muito íntima de sua nova amiga,conversava e ria separadamete as duas de nós,como a conheço tinha certeza que conversavam putaria,e provavelmente,sobre Ademir,já que os comentáios eram direcionado a ele.
com o tempo passando foi ficando tarde,como tiamos bebidos fomos convidados a ficar,apesar de fechado o negócio,resistimos ,mas aceitamos o convite,concordando em ficarmos no quarto que ficava fora da casa proximo a picina,mesmo com muita tentativa deles para dormirmos nos quartos de dentro,ficamos no de fora,ao deitar pude notar minha esposa muito agitada,começamos a nos beijar,quando enfiei meus dedos na sua bucetona gordinha e sempre muito depilada,pude notar que estava muito encharcada,ela me confessou que não conseguia parar de pensar no que nós poderiamos fazer de putaria naquele sitio,com nossos amigos e com aquele negão caseiro….já que ele não parava de secar o rabo delas na picina,e que sua nova amiga disse que ele sempre fazia isso e que seu marido tava ficando puto com aquilo,um dos motivos de querer tambem vender aquele sitio ,ja que tinha uma divida de gratidão com a familha de Ademir e não o mandaria embora,e que por ela não venderia pois ela adorava “tissar” aquele negão,já havia visto ele se masturbar depois que ele a viu certa vez nua com seu marido na picina,ele disse que sairia para cidade,mas mentiu e ela o viu observar os dois…ela disse que cacetão preto que ele tem!enorme e bem maior que do seu marido e que achava que não aguentaria se fosse ela,mas mesmo assim aquilo a deixou muito excitada,
naquele momento pude perceber minha esposa vadia e safada totalmente excitada e disposta encarar aquela rola preta,metemos com doidos ela me fez chupar sua buceta e seu cu como uma cadela no cio,me ordenava laciar o seu já esperimentado cu para aquele negão,ela dizia,CHUPA ESSE BURACO ARREGAÇADO, LUBRIFICA PARA AQUELE NEGÃO SAFADO ARRANCAR O QUE SOBROU DE PREGAS!,Aquilo me deixava mais louco,aquela bunda aberta com aquele cuzão amostra pedindo pra ser preparado para outro macho fuder,era muito gostoso,depois disso ela não me deixou fuder,pelo contrário,me chupou como uma puta e me fez gozar na sua boca,cansados fomos dormir…..foi quando derrepente eu acordei e pude notar que ela não estava ao meu lado na cama,minha mente viajou,primeiro esperei pois ela poderia ter ido ao banheiro ou beber agua,mas com a demora me levantei,e da janela não consequia ver nada e ninguem,pois as luzes já estavam apagadas,mas mesmo assim com muita obsrvação pude notar movimentos de sombras ilumindada um pouco pela claridade da lua,sombras que vinham do fundo da casa de Ademir,aquilo me deixou com tezão e puto ao mesmo tempo,já que ela sabia que não me importaria em vela sendo fodida na minha frente,já havia visto com dois tres…mesmo assim resolvi me aproximar bem devagar,a casa ficava uns 60 metros de onde estavamos dormindo,quando me aproximei pude minha vadia sugando aquele cacete negro como se fosse a coisa mais gostosa do mundo,ela agaixada toda arreganhada,hora chupando o cacete outra lambendo e engolindo sua bolas inteiras,ela fazeia tudo isso com maestria com sua outra mão masturbava sua bucetona gorda como uma puta depravada,dava pra sentir o cheiro de tezão no ar,ele a chingava ,chamando-a de puta safada,vadia boqueteira e ela quanto mais ouvia aquilo mais ela enlouquecia,esfregava auele pauzão na cara e se masturbava,chegava a urinar de tanto tezão na buça,meu pau latejava quase esplodia,quando ela se levantou e se posicionou encostada em um tanque de lavar roupa,empinou todo o seu trazeiro para traz e abriu sua bundona com toda força e disse para ele,vem cá ,vem fuder a sua patroinha casada,vem fuder essa bucetona e cuzão que meu marido preparou pra voce,olha com ela ja tá aberto;
E mesmo com pouca luz dava pra ver como aquele rabo já era acstumado com rola,dava pra ver aquele cu que ajudei a alargalo ja bem aberto,sua buceta brilhava de tão molhada,e escorria pelas suas coxas,foi quando sem controle aquel negão safado começou a chupar sua buceta e seu cu,agaixadometia os dedos chamando-a de putona socava sem dó sem nenhuma cerimonia,fudia seus buracos e dizia,eu sei que esse cu ja ta arrombado,mas agora a sra vai sentir um pauzão de um negão nele,e ela mandava,vai,acaba de arrancar o que tiver de pregas ,tora o cu da puta casada,eu gosto de tomar na bunda,quero sentir suas bolas batendo na minha buceta,ele posicional o seu enorme cacete,cerca de 22cm por aí,cospiu na cabeçona e começou enfiar,minha esposa realmente era costumada com anal,já havia feito muito,comigocom consolos e com outro machos muito deles negros,mas daquele tamanho era meio perturbador,para mim tive medo por ela,mas naquele momento eu queria mesmo que ela levasse literalmente no rabo,e assim foi,aquele negão fodia com tanta vontade aquele cu,que parecia que a muito tempo ele não comia um,se é que já havia comido um pelo menos parecido com da minha arrombada esposinha,ele revezava com sua buceta ensopada , e a cada bota e tira com força minha mulher mijava,até que ele falou eu vou gozar putona,aonde vc quer,ela resondeu,é claro que é dentro meu cu´vou levar de troféu para mim e mostrar para o meu marido,e ele então toma ,vadia toma leite no cú do negão aqui,ela deu uma ultima arrebitada,ele a segurou pelo seu cabelo como se fosse uma égua,e gozou,imediatamente fui me afastando em silencio e voltei fingindo estar dormindo,um tempo depois ela entrou devagar,me cultucou chamando,amor…amor ta dormindo!? eu permaneci quieto e calado,mas com muito tezão,na manhã seguinte acordamos,foi quando ela……..CONTINUA!

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos