X Contos Eroticos » Fetiches » Esposa linda iniciando

Esposa linda iniciando

  • 20 de junho de 2022
  • 1579 views

Olá! Esse é o primeiro de muitos contos que espero compartilhar com vocês! Minha esposa pediu para criar essa conta aqui para deixar nossas histórias gravadas para que outras pessoas se inspirem nelas.

Vou dar uma breve introdução de nosso perfil e relacionamento.

Nos conhecemos em uma festa famosa na nossa cidade, e desde então não nos desgrudamos mais. Somos um casal totalmente parceiro. Fazemos várias viagens juntos, saímos sempre juntos e temos um relacionamento super gostoso. Nos primeiros anos de namoro, transávamos bastante. Não havia um dia sequer que não terminava com uma transa, no carro, em casa escondidos, na sala da casa dela assistindo um filme. Ela sempre foi muito sapeca. Temos uma diferença de idade de 9 anos. Quando nos conhecemos eu tinha 27 e ela 18 anos. Ela é uma loirinha

muito bonita, com corpo naturalmente formoso, com curvas lindas e uma bundinha bem empinada. Tem um rosto super delicado, uma verdadeira princesa. Os peitos dela são de um bom tamanho, que formam um lindo conjunto. Eu sou um cara normal, alto, ombros largos, dentro do meu peso normal. Tenho 1,88m, enquanto ela tem 1,56m e 49 kg.

De uns 4 anos pra cá, comecei em minha mente perversa, a imaginar como seria ela transando com outros homens. Nunca fui inseguro, sempre me relacionei com lindas mulheres pois sou bem simpático e engraçado, coisa que elas sempre ressaltavam como boas qualidades em um homem, mas comecei a achar que ela merecia mais. Ela merecia ter mais prazer, mais aventuras, outros homens. Talvez eu sempre tivesse essa vontade dentro de mim, mas só depois de alguns anos de relacionamento, namoro/casamento, resolvi tornar isso real.

Um dia em uma transa, estávamos numa sintonia ótima, e pensei ser o momento ideal para que ela soubesse da minha fantasia, tomei coragem, me deixei levar pelo tesão do momento, e comecei a dizer:

– Você é muito gostosa, imagina ter um pauzudo aqui com a gente pra apagar todo esse teu fogo. Com certeza você ia ficar louquinha né?

Ela continuou vindo e voltando no meu pau, mas senti que ela começou a forçar com mais vontade , mas ficou calada no momento. Fiquei com o coração a mil, pensando ter falado demais e deixado minha fantasia antes só na minha mente louca e perversa, se transformar em palavras. Eu já imaginei que mesmo ela sendo uma safada na cama, uma putinha dessas que dá por puro prazer, ficaria uma fera e recusaria ali mesmo encerrando o assunto. Me surpreendeu com o que disse depois de uns 15 segundos em silêncio :

– Você teria coragem de ver seu amorzinho dando gostoso pra outro? Você sabe que eu sempre fui só sua. Tive uns namorados, mas nenhum desses relacionamento se compara ao nosso.

Nisso ela força mais um pouquinho o vai e vem batendo aquela bunda linda na minha barriga, e se posicionando agora, ainda de costas pra mim com meu pau dentro dela, de forma que ela possa colocar as duas mãos na minha nuca, virando seu rosto pra mim procurando um beijo, com a bucetinha mais lisa e molhada do que nunca. Aproveitei a deixa e emendei:

– Seria meu sonho realizado! Ele te fazendo de putinha, metendo bem gostoso em você.

Ela rebolou forte nesse momento.

– Que delicia! Me fode amor. Imagina alguém comendo tua putinha enquanto toco uma bem gostosa pra você. Essa sempre foi minha fantasia. Ter um homem gostoso aqui com a gente. Mas eu tinha medo de te perder se contasse isso pra você. Que você não entenderia.

Eu a tranquilizo:

– Você nunca me perderia.

– Goza dentro de mim amor, vou imaginar outro gozando dentro de mim como nas minhas fantasias.

Eu mais que depressa:

– Eu já tô imaginando outro te comendo e gozando nessa sua bucetinha linda e rosinha!

Ela:

– Ai amor, agora essa é a nossa fantasia, vou fazer de você o homem mais feliz do mundo. Continua socando que quero gozar imaginando outro no seu lugar!

Nessa hora meu coração tinha ido de mil a milhão com a voz safada e doce daquela linda loirinha que havia me escolhido para ser seu marido, me perguntando se eu teria coragem de deixar ela foder com outro na minha frente. E dizendo que era isso que ela queria fazer de agora em diante. Essa fantasia estava definida.

Era questão de tempo para tudo que eu imaginava acontecesse. Gozamos loucamente, e no final, chupei a bucetinha dela inteira.

Foi depois desse dia que eu tive a certeza que ela seria minha esposa safada, que teria total liberdade sexual para escolher seus machos de agora em diante.

A partir dessa data, nossa vida sexual só foi melhorando e ficando a cada dia mais gostosa. Todo filme que a gente assistia, e que tinha um cara bonito, eu já fazia ela imaginar como seria foder com ele. Assim fomos criando histórias nas nossas cabeças, e as coisas foram ficando mais normais. Ela também começou a imaginar e me falar as fantasias dela, que sonhou com tal ator e que faziam amor na nossa cama e essas coisas. Eu só esperava uma oportunidade para que isso se concretizasse.

Dias depois, em uma de nossas conversas normais, durante o café da manhã, sem maldade naquele momento, ela me contava que um colega da faculdade, de uma turma mais nova que a dela, havia pedido ajuda para estudar uma matéria super difícil, ele e mais duas colegas, pois estava com dificuldades de aprender o conteúdo. Ela disse que ajudaria sem problemas, só que teria que ser na faculdade no período da tarde, pois utilizaria os livros da biblioteca. Ela iria de carona com ele para a faculdade, junto das outras duas colegas, pois nosso outro carro tinha acabado de ser vendido. Tudo certo até então. No outro dia, ela então seguiu com eles para a faculdade a tarde, eu fiquei trabalhando em casa.

A noite ela contou que eles gostaram bastante da ajuda dela, que continuariam a se encontrar e que o grupo fez uma amizade super legal. Que as duas outras mulheres eram casadas e mais velhas, e eram divertidas. E que o seu colega, o Bruno, era um homem super centrado e educado, considerado por todos da faculdade como sério e respeitador.

Algumas semanas se passaram e ela sempre tocava nas histórias que eles haviam se divertido e aprendido bastante na biblioteca, também notei que ela sempre falava com carinho e respeito sobre o Bruno.

Certo dia, eu havia lido alguns contos aqui, e estava com um tesão acima do normal. Ela chegou em casa de uma dessas tardes de estudo, foi colocar uma roupa mais soltinha pra ficar comigo na sala, e se sentou ao meu lado. Começamos a conversar e a vontade bateu. Começamos a nos amassar. Comecei a tirar a roupa dela e quando afastei a calcinha dela, percebi que ela estava muito molhadinha, como que se tivesse ficado com muito tesão por um bom tempo. Nisso eu já aproveitei e provoquei:

– Nossa, esse Bruno deve ser bonito hein, olha como você está.

Ela mais que sem jeito respondeu:

-Amor, nós só somos amigos, nunca pensei besteira com ele. Eu me tornei confidente dele. Ele confia muito em mim e temos uma afinidade. Só isso. Durante a volta das aulas, deixamos as nossas colegas em casa e sempre voltamos conversando no trânsito.

Nesse momento eu já estava com o pau duro, afastei minha cueca e fui colocando devagar nela e fui dizendo:

-Ele deve ter te contado com quantas já dormiu e essas coisas né? E você ficou molhadinha.

Ela soltou uma risada safada, foi mexendo gostoso e meu pau já estava totalmente duro dentro dela, contando que ele se abriu com ela. Contou sobre seus últimos relacionamentos, e acabaram falando sobre sexo sim, mas que ele foi super respeitoso, não falando pejorativamente e nem citando nomes de pessoas. Contou sobre a vida sexual com essas ex dele. E que tinha terminado um relacionamento de 2 anos há apenas 6 meses, e estava inseguro ainda.

Que ela apenas o ajudou e falou para ele ter confiança, que era uma pessoa muito boa e respeitadora, e que merecia uma pessoa boa e logo encontraria.

Eu disse que ficava feliz com a amizade deles.

Ela aproveitando o assunto, deu umas reboladas e me olhou com uma carinha de safada:

– Tá pensando besteira né amor, eu sei que você tá pensando besteira.

Eu estava com muito tesão naquele momento. Ela cada vez mais molhadinha. Aproveitei que ela já estava ofegante e com muito tesão e falei que não teria problema de ela se envolver com o Bruno, pois ele demonstrava ser um cara educado e discreto. Mas que minha fantasia no momento era que ele não soubesse que eu sabia de tudo. Que ela contaria apenas depois. Ela me pergunta assustada:

– Como amantes?

Eu respondi que sim. Continuei falando sobre a minha fantasia com minha esposinha sentada no meu pau, que já estava uma rocha.

– Manda mensagem pra ele agora no whatsapp, inventa um assunto qualquer só pra puxar papo.

– Agora amor?

– Sim amor, aproveita o momento de tesão.

– Vou pegar meu celular…

Nisso ela tirou meu pau de dentro, deu um beijinho nele com a maior cara de safada, se levantou e foi em direção ao quarto buscar o celular que estava na sua mochila. Aquela bunda gostosa foi me envolvendo a cada passo. Enquanto ela seguia para o quarto, pedi para que colocasse um vestidinho azul bem sensual que eu havia comprado para ela no dia dos namorados. Mesmo casados ainda nos presenteávamos nessas datas. Quando ela chegou novamente a sala, estava linda vestida com aquele vestido azul. Pedi então para que ela tirasse uma foto em frente ao espelho da sala, sem que eu aparecesse, e enviasse ao Bruno para pedir a sua opinião. Ela então disse:

– Nossa amor, com esse micro vestido? Ele é bem sexy. Ele vai sacar na hora as minhas intenções.

– Sim minha linda, manda uma foto com esse vestido e pergunta se ficou bom. Fala que está provando o presente do maridinho.

Ela toda safadinha após tirar a foto disse:

– ok! Acabei de enviar amor. Vou perguntar o que ele acha.

Acenei com a cabeça positivamente.

Ela logo disse que ele estava respondendo.

– Amor, o Bruno disse que o vestido ficou lindo e que eu tenho um corpo muito bonito.

Aproveitei e falei pra ela continuar a conversa com ele, mas antes pedi para que voltasse a sentar no meu pau, que já estava duro novamente. Continuei narrando como queria que ela falasse com ele:

– Amor, fala pra ele brincando que vai aproveitar que as colegas não vão pra faculdade amanhã e diz que vai com esse vestido.

Ele prontamente respondeu que ela estava linda, e que não se importaria se ela fosse vestida “linda” daquele jeito. Pois estariam só os dois lá. Pronto. O gatilho estava acionado. Em questão de horas a nossa fantasia poderia se tornar realidade. Ela gelou na hora quando recebeu aquela mensagem. Até parou de fazer movimentos por um instante.

– Então manda mais umas fotinhos amor, e “sem querer” manda aparecendo seus peitinhos, e diz que não era tua intenção. Depois de um tempo apaga. Espera ele ver e depois apaga. Fala que era pra mandar para seu maridinho. Mas antes de tirar essas fotos deixa eu gozar na tua bucetinha minha linda….

Contos relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 - X Contos Eroticos