X Contos Eroticos » Gays » Matando a saudade do meu tio dotado

Matando a saudade do meu tio dotado

  • 25 de outubro de 2018
  • 4208 views

Então galera, assim como no outro conto que havia postado aqui, mês passado fui a SC de novo visitar os parentes…porém fui até Floripa pois alguns dos meus primos e primas estão morando lá, então aproveitei que estava de férias e resolvi ir lá, fazia uns dois anos que não os via. Como eles moram perto da praia, tentei aproveitar ao máximo a viagem. Fazia uns cinco dias que estava lá quando chegou sexta feira, minha tia ligou para minha prima dizendo que estavam indo visitá-la no dia seguinte pois ela mora em outra cidade. Prontamente minha prima avisou que eu estava lá e tal, até aí tudo bem mas fiquei surpreso quando meu tio foi junto, pois pensei que ele estava trabalhando e não poderia ir.

disksexo


Pra quem leu o outro conto sabe que eu tenho uma tara doida pelo meu tiozão madurão rs e quando eles chegaram na casa da minha prima e vieram nos cumprimentar e quando nos abraçamos, pude sentir o calor do abraço do meu tio e sua felicidade ao me reencontrar. Lógico que como sou muito discreto fiquei na minha pois ainda não havia contado a minha prima que sou gay. Minha tia disse que eles passariam o fim de semana lá mas segunda feira pela precisavam voltar a Lages devido ao trabalho deles. Pra variar como estava calor, meu tio gosta de ficar a vontade e estava sem camisa mostrando aquele peitoral e barriga linda e peluda estilo urso, apesar de ele ser fortinho, sua barriga deliciosa estava um pouco mais saliente desde a última vez que o vi me deixando doido de tesão. Me masturbei algumas vezes no banheiro imaginando ele me pegando de jeito.
Para minha surpresa, meu tio perguntou se não queria ir até Lages com eles já que eu não voltaria tão cedo embora, prontamente aceitei e minha tia concordou e na segunda feira pela manhã fomos até Lages só nós três. nos despedimos da minha prima e fomos. Chegando lá passamos o dia normalmente até que a noite eu já estava quase pegando no sono quando levantei para ir ao banheiro e vi que havia alguém na sala assistindo. Era meu tio e disse que não estava conseguindo dormir. Dei uma mijada rápida e perguntei se não queria companhia para assistir pois eu também havia perdido o sono. Ele concordou e ficamos assistindo a um filme chato que estava passando. De canto de olho percebi que ele só estava vestindo uma bermuda e parecia estar sem cueca, meu pau começou a latejar dentro da calça de moletom que eu vestia. Ele me flagrou olhando seu pau e deu um sorriso safado:

– Está com calor também? Perguntou baixinho
– Pois é, está meio abafado aqui, respondi meio sem graça
De repente meu tio começou a pegar no seu pau por cima da bermuda parecendo levemente coçar, percebi que estava ficando excitado e queria me provocar, só estava nós dois acordados, se acontecesse algo, meu medo era que minha tia acordasse e nos pegasse no flagra. Para provocá-lo, comecei a fazer o mesmo já que meu pau estava duríssimo e ele percebeu e me olhando com cara de safado perguntou:
– Está de pau duro também?
– Sim e vc pelo visto também né tio?
– To num tesão danado, respondeu ele
Dei risada e respondi que tinha percebido, quando de repente ele tira o pau pra fora da bermuda e começa a se masturbar devagarinho, seu pau pulsava de tesão e aquela cabeça rosada me deixava doido, morrendo de vontade de cair de boca e mamar bem gostoso, juntamente com aquele corpo e aqueles pêlos deliciosos, imaginando roçando nas minhas costas. Eu não tirava o olho do seu pau quando de repente ele me fala baixinho:
– Quer chupar o tio?
– Mas aqui é perigoso tio e se a tia levantar e pegar a gente?
-Não se preocupe, sua tia dorme igual uma pedra e sei que você ta louco para cair de boca igual a outra vez que você me mamou gostoso
Peguei no pau do meu tio e pude matar a saudade de sentir aquela rola duríssima em minha mão, estava na cara que queria minha boquinha para sorver toda a extensão daquele pau maravilhoso, aproveitei e com a outra mão acariciei seus pêlos corporais que são muitos. Meu tio me pegou pela nuca e levou minha boca até sua rola. Rapidamente eu a abocanhei e chupei como nunca, lambia a cabeça e descia chupando bem devagar. Ele forçava seu pau todo em minha garganta me fazendo ficar sem ar e engasgar. Tentamos fazer o mínimo de barulho possível para não acordar minha tia quando meu tio me surpreende mais uma vez dizendo que queria comer meu cuzinho. Era meu sonho sentir meu tio metendo gostoso em mim. Fomos para o outro quarto, fiquei de quatro na cama com a bunda bem empinada para meu tio, seu pau latejava muito, meu tio caiu de boca em meu cuzinho, eu gemia muito e meu pau babava de tesão.
Depois de chupar bastante e deixar meu cuzinho todo molhadinho, cai em seu pau de novo e o deixei todo babado e ordenei:
– Fode meu cuzinho tio bem gostoso
Ele sorriu com cara de safado e fiquei de quatro novamente, meu tio cuspiu bem no seu pau e em meu cuzinho e começou a empurrar sua vara grossa e gostosa para dentro, eu tapei minha boca com uma das mãos até sentir que entrou tudo. Comecei a rebolar em sua vara enquanto ele metia devagar segurando minha cintura, o medo da minha tia nos pegar passou um pouco apesar do tesão nos dominar. Meu tio começou a socar mais forte fazendo barulho até que depois de algumas metidas eu senti sua porra toda no meu cuzinho enquanto ele gemia baixinho dizendo que meu cuzinho é muito gostoso e que havia gozado muito. Nos recompomos e ele voltou para o quarto dizendo que depois daquela gozada iria dormir bem. Fiquei a semana toda lá e todos os dias ele me comeu. Minha tia teve que voltar para casa do minha prima e ficamos quase a semana inteira sozinhos em Lages então aproveitamos. Apesar de ter dito em outro conto que o achava homofóbico, meu tio se justificou dizendo que havia comido alguns garotos na cidade e gostado muito. Estou ansioso querendo voltar e passar o final de ano com ele e fodermos gostoso.

Contos relacionados

Comentários

© 2020 - X Contos Eroticos