X Contos Eroticos » Fantasias » Transei com uma amiga da minha mãe

Transei com uma amiga da minha mãe

  • 22 de novembro de 2018
  • 307 views

Olá, sou Eduardo, tenho 30 anos, tenho 1,72cm de altura, corpo atlético (nem magro, nem gordo) tenho olhos castanhos-escuros, uso barba.
Eu sempre gostei muito desse Site, é sempre quis relatar minhas experiências sexuais, mais sempre enrolei bastante, bom tomei iniciativa de relatar alguns casos reais que já aconteceram comigo.

Vou contar o dia que eu transei com uma amiga da minha mãe.

Minha mãe é uma mulher de poucas amizades, até porque acha que a maioria das pessoas são falsas, bom nós mudamos para uma nova onde não conhecíamos ninguém, nessa época só morávamos eu e minha mãe, eu sempre fui na minha, sempre fui apenas observador nunca o pra frente da história, acho que é uma qualidade, porque sempre funcionou com as mulheres.
Vamos ao que interessa…
Logo no dia que estávamos fazendo a mudança, um causo total, chovendo, muitas coisas molharam em fim aquele dia foi foda, nesse dia eu conheci a dona Esther, uma mulher com seus 42 anos, +/- 1,60cm de altura, corpo muito bem cuidado, apesar de ser mãe de três filhos, cabelos pretos, peitos lindos, so (depois eu descobrir que era silicones) uma bunda maravilhosa. Isso eu so percebi depois, porque naquele dia da mudança eu não vi nada disso. Rs
Ela entrou em nossa casa, se apresentou para minha mãe, ofereceu nos ajudar, minha mãe sem querer dar trabalho para a mulher agradeceu e disse que estava tudo sobre controle.. (que era uma mentira) tava um causo.. rs
Bom com muito custo terminamos já á noite umas 20hrs, algumas coisas ainda para se arrumar, mais o básico já estava no lugar.. derepende a campainha toca, quem era? Exatamente D. Esther.
Ela tinha feito uma macarronada maravilhosa, se bem que a fome que estavamos não dava nem pra avaliar o gosto daquilo.. rs minha mãe ficou super feliz a convidou para entrar e logo já estavam conversando feito amigas de longa data, isso foi ótimo e surpreendente pra mim, já que minha mãe não se abre muito com as pessoas.
Eu estava no banho, não sabia quem estava na casa, do quarto eu perguntei a minha mãe quem era na Companhia, ela falou: É a Esther, eu fiquei me perguntando, não conheço ninguém com esse nome (nem lembrava que era a mulher) vestir apenas uma bermuda, penteê os cabelos e desci para ver quem era, quando eu a vi fiquei muito surpreso, e minha mãe já foi falando, olha o que a Esther preparou pra nós. Eu fiquei super animado, estava com fome e macarronada e algo que eu gosto pra clh.. rs

Agradeci, fui comer e as duas ficaram conversando.. logo a Esther foi pra casa dela, disse que não queria atrapalhar, e deveríamos está muito cansados.. logo que ela saiu, minha mãe veio me conta; Que pobre mulher, nem me conhece e já me contou quase tudo da sua vida, inclussive me disse que tinha pegado o marido dela com outra na cama, e que estava arrasada. Eu fiquei pensando, essa mulher está carente de rola, em fim eu fiquei apenas pensando. Rsrs
No outro dia, minha mãe tinha ido até a outra cidade que moravamos para resolver umas coisas que ficaram pendentes, iria voltar apenas no outro dia, passei o dia tentando organizar o restante das outras coisas, e pensando na minha nova visinha.. meu pau latejava de vontade naquela mulher, passou o dia nada de diferente aconteceu, quando foi umas 18hrs, a companhia toca, nem preciso falar que era D. Esther, fui até o portão abrir, ela sorriu pra mim e perguntou;
– sua mãe está aí? (Eu como não sou bobo, falei que não estava, mais que já estava chegando) se ela quisesse entrar é espera lá, que por mim estava tudo bem. Ela entrou… eu percebi que ela estava levemente alterada, com certeza tinha bebido uma. (Pensei comigo, vou transar com ela)
A convidei para que ela esperasse na sala, que eu iria fazer alguma coisa para comer. (Não cozinho nada) kk pensei, preciso de uma estratégia para fuder essa gostosa.
Bom tratei logo de colocar um plano em ação, fingi que meu telefone estava tocando, fingi estava falando com minha mãe, logo depois falei pra D. Esther que minha mãe não iria retornar no mesmo dia, ela com um ar de triste falou que iria embora, aí eu entrei em ação, Ah, porque não fica mais um pouco e me ajudar a cozinha, eu não sei nem pra onde vai… rs
– Claro, posso te ajudar.
Estava dando tudo certo..
Logo ela me perguntou se eu estava namorando, se eu se tinha deixado uma namorada na outra cidade, bom pra mim aquela pergunta foi um abertura pra me pergunta coisas que fariam meu plano dar certo.
– disse que tinha terminado recentemente e que estava afim de curtir um pouco a vida de solteiro, tipo ter um relacionamento sem compromisso.
Logo ela fala:
– Ser solteiro deve ser muito bom, sou casada a 29 anos, (fui ai que descobri que ela tinha 45 anos, que tinha casado com 16anos) nunca tive outro homem a não ser meu marido, confesso que morro de vontade de ficar com outros homens mais morro de medo, de ser descoberta, de ficar mal falada, penso na minha família. Logo ela termina falando que pegou o marido dela com outra, e que nao estão nem dormindo mais juntos. (Eu fiz que não sabia, e claro)
Falei; nossa que triste, se eu fosse casado com uma mulher como você, nunca que eu queria transar com outra mulher.(foi a deixa) ela sorriu e falou; está falando isso só pra me sentir bem. Falei pra ela que iria dar um espelho de presente pra ela, que ela era gata..sorrimos e continuamos nosso papo.
Ela estava em vestido branco, pouco acima do joelho, dava pra ver que ela estava com uma micro calcinha, pois fazia marca no vestido, ela estava no fogão e eu na mesa conversando com ela, ela sabia que eu estva de olho naquela super bunda.. eu estava de pau duro, com aquela conversa, e logico por está tendo aquela visão..
Como a conversa estava bem quente, eu perdi o pudor e fui pro tudo ou nada.. logo a perguntei, se ela nunca tinha mesmo transado com outro homem, ela responde que não, que nunca tinha.. (acredito ser verdade) eu falei; D. Esther, eu nao consigo acreditar. Ela falou: nao precisa me chamar de dona.. me faz sentisse velha. Pedi desculpa e a chamei apenas de Esther.
Ela confirmou que nunca tinha mesmo.. eu falei na bucha, você teria coragem de ficar comigo?
Ela deixou a colher cair no chão e ficou muito sem jeito. Logo eu corri para pegar a colher e já subi próximo a ela, ela me abraçou e me beijou, eu sem perder tempo, fui logo beijando a enfiando minha língua na sua boca, pegando na sua bunda, aquela pegação, desligue o fogão, continuei beijando a, ja tinha levantando seu vestido, fiz ela pular na minha cintura e comecei a caminha com ela, subi as escadas beijando ela com muita vontade, a levei para o meu quarto, eu ja estava só de cueca, ela já estava sem o vestido, apenas de sutiã e a micro calcinha branca, a joguei na cama e partir pra cima, fui chupado todo seu corpo, tirei o sutiã e cai lambendo seus delicios seios, e ela gemendo muito, fui descendo afastei a calcinha dela pro lado (que ja estava toda encharcada) e cair naquela maravilhosa buceta bem raspadinha, ela gritava de tanto prazer, logo ela gozou… em seguida, ela tirou minha cueca e meu pau que tem 19cm pulou pra fora feita uma pedra de tão duro.. ela falou; nossa que lindo, ele todo meu, ela o chupava com tanta vontade que logo eu a avisei que iria gozar, como ela não tirou da boca, significa que eu poderia gozar na boca dela, coloquei bem garganta dela, e soltei três jatos de esporra ela meio que engasgou mais engoliu tudo.(depois ela me falou que nunca tinha engolido porra) rsrs
Logo que eu gozei, meu pau não baixou, a coloquei de quatro e comecei lamber da buceta para o cuzinho dela.. essa mulher via estrelas, ela gozou de novo, como eu estava com o pau muito duro, comei a pincelar na porta da sua buceta, ela ainda de quatro, depois de fazer ela ficar louca de tesão, fui colocando devagar meu pau na sua buceta, ela foi se contorcendo e tremendo, ela gozou pela a terceira vez… continuei bombando, eu estava muito tarado, comecei a socar com força, peguei no cabelo dela por traz e disse; você vai ser minha putinha casada agora, você é mais vagabunda que pensa, vou te comer sempre… ela ficou louca, ela me pedia pra fuder ela, me come, e eu socando.. logo eu gozei na sua buceta.. caímos os dois, bem suados e ficamos olhando um para o outro.. infelizmente ela ja tinha que ir pra casa dela.(em outro conto, vou contar como eu comi o cuzinho dela) se querem saber como foi, comentem e curtem..

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos