X Contos Eroticos » Incesto » Comendo o Cu da Cunhada

Comendo o Cu da Cunhada

  • 8 de setembro de 2023
  • 2559 views

bom galera hoje vo contar pra vcs como comecei a comer a minha cunhada alessandra q vou chamar de le sou casado e moro cna casa do meu sogro e seu filho casado tbm mora no fundo o marido da le ela e muito gostosa e sempre tive tesao por ela sempre conversamos muito a noite quando estamos todos juntos falamos de tudo principalmente sobre sexo eu ela minha esposa e o seu irmao o marido da le e numa dessas conversa fiquei sabendo q ele nao chupava sua bucetinha e q ele era seu unico homem ela tinha casado virgem um dia cheguei mais cedo e so estava a le e minha mulher elas estavam conversando eu fiquei escutando sem q elas me visse ouvi q minha mulher contava tudo q faziamos q eu chupava sua buceta seu cu e q era muito bom a le falou pra minha mulher q morria de vontade de ser chupada mais o marido nao gostava e ela so ficava na vontade entao comecei a bolar um plano para chupar sua

bucetinha comecei a ficar encarando ela sua bunda seus seios ficava olhando direto ate ela perceber que olhava para ela com tesao ela sempre disfarçava sempre q ficavamos sozinhos ficava de pau duro e ela percebia o volume na bermuda ela ja sabia q eu tava loco para transar com ela mais nao me dava lado sempre na dela um dia levantei a noite e ouvi q eles estavam acordados e fui ate seu qurto q fica no fundo e resolvi olhar pela fechadura e vi q eles estavam trepando ai vi q meu cunhado nao comia ela direito mesmo so punha o pau bombava e so no outro dia minha mulher saiu cedo com a sua mae ficou so eu e a le em casa entao comecei a puxar uma conversa mais quente e falei do dia q ela falou q tinha casado virgem perguntei se ela nao tinha vontade de conhecer outro homem ela ficou sem jeito mais falo q nao q gostava do marido ela e meio bobinha mesmo entao falei pra ela q ela tinha q

experimentar outro homem q ela nao podia ficar a vida inteira so com um eu ja estava de pau bem duro ela olhava e disfarçava mais sempre olhava mais a conversa nao deu en nada passado alguns dias cheguei em casa e vi q ela esta so e vi q fala no telefone em seu quarto entao peguei a extensao e fui ouvir o q ela tava falando e com quem era com sua irma q mora em outra cidade e gostei do ela falava ela falava para sua irma q eu tava louco pra transar com ela q sempre q ficava perto dela meu pau ficava duro falou q sabia q eu chupava a buceta da minha mulhere q queria chupar a dela certamente sua irma falou para ela se ela tinha tesao em mim eal falou q ate sonhava q eu tava chupando ela e sua irma falou para ela dar mole pra mim e conhecer outro homem ela falou q ficava sem jeito mais ia puxar mais papo sobre sexo comigo entao fis q tava chegando aquela hora e fui tomar banho ela ficou na sala quando sai do banheiro ela estava sentada so de shortinho sem calcinha e comecou a puxar papo sentei meio de

frente pra ela eu estava sem cueca q era para ela ver q meu pau tava duro e começamos a falar de sexo ai falei q nao acreditava q meu cunhado nao chupava elaq ele era fraco q ela era muito gostosa ela sorriu meio sem graça ai falei direto se ela quisece eu chupava ela inteira ela disse q nao q nao ia trair o marido falei pra ela q se eu so chupa ce ela nao era traiçao traiçao seria so se eu comece sua bucetinha ela e meio bobinha e acreditou entao falei q ia so chupar sua bucetinha ela tirou a roupa e ficou peladinha q delicia q ela era comecei a chupar ela estava dota melada uma

delicia passei a lingua em seu cuzinho ela ate arrepiou chupei ela uns 19 minutos ate ela começar a tremer e gritar gemer e gozou ai entao me falou q foi seu primeiro gozo que nunca tinha gozado depois disso ela ficou tarada em mim sempre q ficavamos sozinho ela queria q eu chupasse ela ate q um dia falei q queria comer ela tbm ela disse q so se fosse seu cuzinho q a buceta nao q era traiçao fiquei loco pois ela tinha uma bunda maravilhosa comecei a lamber aquele cuzinho e comi ele ate gozar nele desse dia entediante sempre chupo sua buceta e como seu cuzinho

Contos relacionados

© 2024 - X Contos Eroticos