X Contos Eroticos » Lesbicas » Fazendo sexo com uma desconhecida no shopping

Fazendo sexo com uma desconhecida no shopping

  • 31 de outubro de 2018
  • 639 views

Oi, queria muito dividir com alguém. Meu nome é Milena, sou baixinha, cabelo preto liso e uma bunda bem gostosa. Estava procurando um livro que minha tia queria pelo Facebook e achei um grupo bem legal onde as pessoas vendem seus livros. Postei a imagem do livro que queria e depois de um tempo uma menina chamada Luna veio falar comigo. Ela foi muito gentil e a gente começou a conversar bastante. Na foto ela parecia ser linda. A coisa mais marcante era o cabelo longo ondulado preto e os olhos azuis. Aí quando estávamos para fechar a troca do livro, descobri que ela morava na mesma cidade que eu, resolvi perguntar se ela queria me encontrar em algum shopping. Combinamos de nós encontrar naquela semana. Antes de continuar, queria avisar que sempre fiquei com homens, mas sempre tive curiosidade e vontade fazer sexo com mulheres, quando era mais nova dei alguns beijos nas minhas primas, mas nada que tivesse me despertado. Amo fazer sexo e meu namorado sabe que tenho que gozar pelo menos 2 vezes por dia. Encontrei a Luna em uma livraria e ela apareceu com um vestido branco floral, ela simplesmente estava um arraso. Nos cumprimentamos e fomos comer alguma coisa na praça de alimentação. Ela era muito legal e divertida, não sei se era da minha cabeça, mas toda hora ela balançava os cabelos e ficava mordendo os lábios inferiores e isso acabou me dando outras ideias, mas acabei ignorando porque tenho namorado e nunca achei que ela tinha gostado de mim. Depois de comer, fomos no banheiro juntas e nele tinha um espaço teen com TV, carregador de celular e vários espelhos. Ela disse que precisava carregar o celular e perguntou se a gente podia ficar um tempo sentadas no sofá. sentei ao lado dela, mas como o shopping estava meio vazio e este banheiro era do último andar estávamos completamente sozinha. Ficamos conversando sobre nossas vidas e soltei que tinha um namorado, vi o rostinho dela ficar meio decepcionada, mas logo ela já voltou ao normal quando contei sobre os meus irmãos. A cada minuto ela chegava mais perto e como achava ela maravilhosa, queria que chegasse cada vez mais. Quando estávamos a uns 10 cm uma da outra quase nos esfregando, ela pediu para sentir meu perfume porque era muito gostoso. Ela tirou meus cabelos do ombro e colocou o nariz bem no meu pescoço. Foi tão gostoso que dei um gemido sem querer, ela entendeu como um convite e começou a dar beijinhos no pescoço. Nossa, ela viu que eu não iria me afastar e começou a passar a língua atrás da minha orelha, eu estava amando demais tudo aquilo e ela toda horas chegava mais perto empurrando os seios dela para ficaram contra os meus. Ela deu uma pausa, foi até a porta da sala e deixou fechada para que ninguém entrasse. Quando ela voltou já começou me dando beijos na boca e passando a mão nos meus seios, tava ficando bom demais e o tesão só aumentava por estarmos nos pegando em um lugar público. As coisas estavam pegando fogo com a gente e resolvi colocar a mão entre as pernas dela. A Luna nao parava de gemer com a minha mão passando pela bucetinha dela, a calcinha dela estava ensopada. Ela começou a subir a minha blusa e meu sutiã e começou a chupar todinho o meu peito. Ela começou a passar a língua nos meus mamilos e depois chupava eles, pegou dois dedos dela, enfiou na minha boca para eu chupar e depois passava os dedos nos meus mamilos me fazendo quase gritar de tesão. Ela começou a tirar a minha calça e acabei ajudando ela, não aguentando mais. Ela ficou ajoelhada no chão e ficou chupando a minha buceta, mas que tesão de mulher, chupava muito melhor que qualquer outro machinho da minha vida, quando ela enfiou dois dedos, não dei nem 10 segundos e já estava gozando. Ela continuou a passar a língua limpando toda a minha bucetinha. Agora era a minha vez de dar prazer pra essa mulher. Pedi pra ela sentar em cima da mesa que tinha um espelho, tirei a calcinha dela e já cai de boca. Olhei para o rosto dela e percebi que ela olhava para frente e não pra mim. Ela estava olhando pelo espelho de trás eu chupando ela, dava pra ver toda a minha bunda aberta e estava voltando a me dar tesão de novo. A buceta dela estava toda depilada e tava muito cheirosa, passei a língua por ela e fiquei lambendo o clitóris dela até ela urrar, gozando na minha boca. Depois disso ficamos nos beijando e abaixei o vestido dela para chupar seus peitos. Ela estava adorando. Ela me ensinou a ficar esfregando a minha buceta na dela. Nossa tava gostoso demais, gozando mais uma vez juntas. Depois nos vestimos e conversamos como tínhamos gostado uma da outra e ela me contou que me queria desde que tinha visto minha foto no Facebook, ela estava torcendo para que eu fosse lésbica e que ficou triste quando descobriu que tinha namorado, mas ela não perdeu a esperança de mim porque olhava pra ela com muita fome (o que não era mentira). A gente combinou de se encontrar na semana que vem na casa dela e ela disse que eu só iria sair de lá depois de gozar 5 vezes, a safada ainda ficou apertando a minha bunda enquanto a gente saia do banheiro. Quando cheguei em casa meu namorado estava morrendo de tesão e eu tive que fazer sexo com ele, mas juro que fiquei pensando nas pernas e nos peitos daquela mulher.

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos