X Contos Eroticos » Incesto » Comendo a mulher gostosa do meu primo

Comendo a mulher gostosa do meu primo

  • 4 de março de 2019
  • 909 views

Ela era uma loira, de olhos verdes e bem branquinha, peituda.
Eles eram 10 anos mais velhos do que eu e eu era totalmente apaixonado por ela na minha adolescência.
Mas o tempo passa e a gente vai esquecendo e conhecendo outras pessoas.

disksexo

Dez anos depois o meu primo pergunta se eu poderia levar a mulher dele na praia pois a mãe dela estava lá e ele teria que trabalhar r eu estava de férias eu disse que sim.
Marcamos para a noite e eu fui buscar ela para irmos a praia.

Quando ela desceu do apartamento e veio em minha direção, todo aquele desejo que eu tinha por ela na minha adolescência voltou ela estava deslumbrante, vestia uma calça branca bem apertada e uma blusa que salientava os seus peitos.

Fomos conversando e eu não conseguia me concentrar pois a calça dela era tão apertada que salientava a pata de camelo, meu pau foi endurendo e tambem ficou saliente em minha bermuda e ela tambem percebeu, mas nao falou nada.

Chegamos a praia e eu fui me despedir e disse que voltaria para casa no mesmo dia e ela disse que não deixaria que era muito tarde.
Concordei e ficamos um tempo conversando na sala até que sua mãe foi deitar.
Ela me perguntou se eu não queria ir no centro comer algo eu topei.

Rolava um pagodinho no pub onde tínhamos ido para comer uns petiscos,
Ela me convidou para dançar e eu disse que não sabia, mas ela insistiu,
Como resistir a aquela boca linda.

Começamos a dançar e eu fui me aproximando mais e mais dela, até que meu pau duro já roçava em sua buceta, ela não se afastou e continuou dançando e em certos momentos se virava de costas e revelava a sua bunda em meu pau e voltava para dancarmos.

Minha mão que estava em sua cintura foi descendo até sua bunda, e ela deixou, eu fiquei sem reação sem saber o que fazer, mas como já tinha me passado agora era tarde para arrependimentos, cheguei em seu ouvido e disse que desde adolescente meu sonho era transar com ela.

Ela se afastou e disse que era melhor irmos para casa.
Eu nao sabia onde enfiar a minha cara. E se ela contasse para meu primo!?

Chegando em casa pedi desculpas e fui tomar banho , ela também foi para o quarto dela depois do banho.
Eu fiquei olhando um pouco de TV pois nao conseguia dormir, quando eu vejo a porta do quarto dela abre e ela estava de baby doll vermelho, ela se sentou ao meu lado e não disse nada, me pegou pela mão e me arrastou para seu quarto.

Meti bem gostoso na mulher do meu primo

Fechou a porta abaixou minha bermuda e começou a chupar meu pau, eu segurava ela pelo cabelo e ela me olhava com aqueles olhos verdes lindos.
Ela chupou um bom tempo, quando peguei e joguei em cima da cama, arredei a calcinha e comecei a chupar aquela buceta depilada (a buceta mais cheirosa que eu chupei na minha vida.
Ajeitei ela e lembramos que não tínhamos camisinha, ai ela me disse para comer um pouco sua buceta sem camisinha mesmo.

Começamos a transar e eu tinha que tapar sua boca pois ela gemia muito, ela me disse que não precisava q a mãe dela tomava remédio para dormir.
Deixei ,e ela gemia feito louca no meu pau grande e grosso ( quem quiser mando fotos).
Ela gozou e disse que queria que eu socasse forte no cuzinho rosado dela,
Ajeitei ela de frente(Eu queria ver a cara dela quando o meu pau entrasse).

Coloquei suas pernas em meus ombros e comecei a passar o pau na entrada do cuzinho e quando ela menos esperou soquei no cu dela, ela deu um grito e disse para ficar com meu força, eu arrombei as pregas do cu dela e ela continuava a pedir eu socava mais e mais forte e ela era uma puta de verdade ela gozou novamente, e por fim pediu porra na cara.

Ela me olhou e disse para mim que foi o melhor sexo anal da vida dela, mas que tudo aquilo nunca mais ia acontecer que amava o meu primo e que apenas sentia falta de ser desejada como eu a desejei.
Mas foram só palavras, volta e meia nós damos uma fugida e transamos.

Não sei como meu primo não percebe que o cu da mulher dele esta quase sempre arrombado.

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos