X Contos Eroticos » Incesto » Meu intenso tesão pelo meu primo

Meu intenso tesão pelo meu primo

  • 9 de junho de 2019
  • 305 views

Estava eu no meu domingo(02/06) chato de sempre, meu primo veio me visitar na Califórnia, já tinha uma semana que ele estava comigo. Desde então eu não achava minhas calcinhas preferidas no varal, eu pensei “vamos procurar como algo some do nada” Minha última opção era o quarto onde o Bruno tava, olhei pelo quarto, guarda roupa e nada, quando eu entrei no banheiro estava as duas no box. Eu fiquei me perguntando como pode né. Mais tarde depois da janta eu tomo meu remédio para dormir, só que nessa noite eu não iria tomar pra ver o que anda acontecendo. Fui para meu quarto e depois de umas 3 horas mais ou menos, eu saí da cama e fui em direção ao quarto dele e pelos sons imaginei que tivesse alguém com ele, entrei bem de vagar, ele estava no banho, e com minha calcinha na mão e sussurrava ” hoje é dia de dar um cheiro naquela buceta, hoje eu ainda dou aquela linguada de molhar o colchão, é hoje que ela vai segurar meu boneco”.

disksexo


Eu imaginei que ele fosse sair com alguém, mais não entendia o porque da minha calcinha. Voltei para meu quarto e tentei e coloquei a roupa(camisetão e calcinha) pra dormir, por volta das 00:30 a porta do meu quarto abria vagarosamente, ele entrou fechou a porta e veio em direção a minha cama, se deitou junto comigo, começou a acariciar meu rosto, e tentando abrir minha boca, depois foi levantando minha camisa e escorregando em direção ao meu peito, e já roçando o pau ainda na cueca no meu bumbum, e me puxou fazendo com que eu desce uma empinada pra ele, depois ele foi tirando minha calcinha e levantou uma das minhas pernas, e foi direto com a boca que tava geladinha por sinal, na hora me deu um tesão tão gostoso, e ele enfiava a língua cada vez mais lá dentro, e depois eu fui me encher pq eu queria que aquele momento não acabasse agora então me abri mais e coloquei a mão em cima da minha buceta, e comecei a gozar na boca dele, e ele não parava de me chupar, aquilo tava tão bom, que eu queria que ele soubesse que eu estava acordada.

Depois ele se levantou e veio em direção a minha boca me deu uns beijos no pescoço, que me arrepie só de lembrar, subiu até minha boca, apertou minha Buchecha, e foi levando seu pau em direção a ela, depois ele desistiu e cochichou, ah não deixa esse pra amanhã eu vou aproveitar lá em baixo, e deu uma socada de leve na minha buceta, e caiu de boca no meu peito e foi socando cada vez mais e eu me segurando pra não gemer, ele me deitou de lado, veio por trás encaixou o pau novamente e cochichou no meu ouvido, queria ouvir seus gritinhos de prazer priminha gostosa.

Ele saiu do meu quarto, eu pensei em ir atrás porque ele me deixou num fogo que só. Depois de quase uma hora ele voltou, me limpou com um lenço umedecido, pelos menos parecia ser, ele deitou atrás de mim e cochichou amanhã eu quero engolir muito mais essa buceta carnuda e deliciosa e depois eu vou gozar na sua cara como sempre faço, e foi beijando minhas Costas, e não aguentei acordei….
E a próxima cena fica para o próximo conto….

Contos relacionados

Comentários

© 2019 - X Contos Eroticos